0

Spike Lee é próximo presidente do juri do Festival de Cannes

Diretor de 'Infiltrado na Klan' foi indicado um dia depois do anúncio das indicações do Oscar, que foi criticado por ausência de negros

14 jan 2020
05h07
  • separator
  • 0
  • comentários

PARIS - O diretor americano Spike Lee foi designado como o próximo presidente do juri do Festival de Cannes (12-23 maio), para substituir o cineasta mexicano Alejandro González Iñárritu, que presidiu a festa do cinema no ano passado.

"Quando me chamaram para presidir o juri de Cannes 2020 não acreditei, estava feliz, surpreso e orgulhoso ao mesmo tempo", revelou Spike Lee, 62 anos, que se declarou "honrado por ser a primeira pessoa da diáspora africana" nos Estados Unidos a assumir este cargo.

Lee apresentou sete de seus filmes no Festival de Cannes e recebeu o Grande Prêmio em 2018 por "Infiltrado na Klan" (BlackkKlansman), que conta a história real de um negro infiltrado na Ku Klux Klan.

Com seu juri, cuja composição será revelada em meados de abril, Spike Lee terá a tarefa de apontar o sucessor de "Parasita", do sul-coreano Bong Joon-ho, Palma de Ouro em 2019. /AFP

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade