2 eventos ao vivo

Gambit: Produtor Simon Kinberg pretende rodar o filme a partir do segundo semestre

Será que agora finalmente vai?

15 mai 2018
11h20
  • separator
  • comentários

Após inúmeros adiamentos, trocas - e perdas - de diretores, destruições completas de roteiros e outros tipos de contratempos, Gambit está mais perto de sair do papel do que nunca. Em entrevista à Variety, o diretor e produtor Simon Kinberg (X-Men - A Fênix Negra), uma das principais vozes criativas do Universo X-Men na Fox, afirmou que sua intenção é ligar as câmeras para rodar Gambit no final do próximo verão estadunidense, ainda no segundo semestre de 2018:

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

"Temos um roteiro que adoramos, um roteiro que Channing Tatum adora. Nos encontramos com alguns diretores nas últimas semanas e nós esperamos escolher um nas próximas e rodar o filme, talvez, a partir do final do verão", declarou Kinberg, que está visivelmente concentrado na busca por uma realizador após a partida de Gore Verbinski (A Cura, Rango) do cargo - em janeiro deste ano, dois meses antes do início das filmagens "originais" -, por causa de divergências criativas com a equipe de produtores de Gambit.

Atualmente, o longa de origem do malandro jogador de pôquer e mutante que pode controlar a energia cinética dos objetos - ou seja, movimentá-los pelo ar - está previsto para chegar às telonas estadunidenses no dia 7 de junho de 2019. A recente mudança da data de lançamento da produção de fevereiro para meados do ano, de acordo com rumores sobre a decisão da Fox, não teve relação direta com a saída de Verbinski da produção, mas sim com a tonalidade de Gambit - na visão dos executivos da Fox, a comédia de ação seria mais compatível com as sensibilidades do público do verão nos Estados Unidos.

Maiores informações sobre Gambit, em desenvolvimento desde 2015 e filme que inicialmente seria dirigido por Rupert Wyatt (Planeta dos Macacos: A Origem), ainda não foram divulgadas. Lizzy Caplan coestrelará a produção ao lado de Tatum.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade