1 evento ao vivo

Disney boicota jornal e críticos respondem na mesma moeda

Representantes da imprensa especializada decidiram que vão ignorar filmes da Disney enquanto a gigante do entretenimento manter veto a jornalistas do L.A. Times.

7 nov 2017
16h38
atualizado às 17h04
  • separator
  • comentários

Quatro das maiores associações de críticos de cinema dos Estados Unidos decidiram ignorar todos os filmes da Disney em suas premiações e listas de melhores do ano. A medida é uma resposta ao veto que a The Walt Disney Company impôs ao jornal L.A. Times .

Foto: Mark Ashman/Disney via Getty Images / AdoroCinema

O veículo de imprensa californiano está impedido de participar de sessões para jornalistas de filmes produzidos por todos os estúdios da Disney, incluindo a Marvel Studios, Lucasfilm e Pixar. Da mesma maneira, o jornal terá dificuldades para entrevistar aos atores e diretores das produções relacionadas. O motivo? A Disney não gostou de uma matéria do L.A. Times sobre a batalha entre a prefeitura da cidade de Anaheim com o a adminstração da Disneyland localizada lá.

A matéria diz que a Disney recebeu isenções fiscais importantes por conta de sua relação com políticos da cidade no passado, incluindo "um acordo que isenta o parque temático da Disney de qualquer imposto em potencial sobre atividades de entretenimento pelos próximos 45 anos". Segundo o texto, assinado pelo jornalista Daniel Miller, "em retorno, a Disney iria construir seu parque temático de Star Wars na área e investir em mais um grande resort na região".

Entretanto, segundo a matéria, a relação da Disney com a cidade de Anaheim tem se deteriorado nos últimos anos por conta de uma reavaliação da população e dos políticos locais sobre os benefícios concedidos ao parque.

Em um comunicado à imprensa, a Los Angeles Film Critics Association, a New York Film Critics Circle, a Boston Society of Film Critics e a National Society of Film Critics afirmaram que a retaliação da Disney ao L.A. Times "é antiética", fere "os princípios de liberdade de imprensa" e "estabelece um perigoso precedente em um momento de grande hostilidade contra jornalistas."

A nota afirma que a medida extraordinária tomada pelas associações de críticos leva em consideração que eles terão de penalizar os artistas envolvidos nos filmes por decisões que estão acima do controle deles. "Mas a Disney atraiu isso quando escolheu punir os jornalistas do L.A. Times ao invés de expressar seu desacordo com uma matéria sobre negócios de maneira pública", alega o texto.

A Disney classificou a matéria do L.A. Times como "injusta" e disse que o texto "mostrou um completo desprezo pelos padrões básicos do jornalismo". O veto ao jornal começou com Thor: Ragnarok.

Entre os filmes da Disney que serão desconsiderados pelos críticos das quatro associações americanas em suas premiações e listas de melhores do ano estão produções como A Bela e a Fera, a animação ainda inédita Viva - A Vida é uma Festa (Pixar) e o também inédito Star Wars - Os Últimos Jedi (Lucasfilm).

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade