3 eventos ao vivo

Cine Ceará 2017: Animação brasileira exibida no Festival de Berlim traz cenas de sexo explícito

Conheça o curta Vênus - Filó, a Fadinha Lésbica.

7 ago 2017
17h08
  • separator
  • comentários

Dentre os  12 filmes brasileiros selecionados para o Festival de Berlim deste ano, um deles chamou a atenção já pelo título: Vênus - Filó, a Fadinha Lésbica. Feito inteiramente em animação, o curta dirigido por  Sávio Leite teve sua première mundial em plena Berlinale, onde pôde apresentar a versão com imagens do poema erótico homônimo escrito por Hilda Hilst, publicado no livro Bufólicas.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema



A estreia em festivais brasileiros teve que aguardar um pouco. Inicialmente previsto para o Cine PE, o curta foi retirado da programação devido ao  protesto coletivo sobre o discurso partidário de direita de alguns filmes selecionados, como  O Jardim das Aflições e Real - O Plano por Trás da História. Desta forma, a primeira exibição pública em festivais nacionais teve que ser adiada para o Cine Ceará, onde também foi selecionado para a mostra competitiva.



Exibido ontem no Cine Teatro São Luiz,

Filó, a Fadinha Lésbica

deixou parte do público desconfortável devido ao forte conteúdo erótico. Narrado com uma boa dose de deboche pela inconfundível voz de Helena Ignez, musa do cinema marginal, o curta traz várias cenas de sexo explícito ao contar a história do sequestro de Filó por um "cara troncudão com focinho de tira". Confira o teaser logo abaixo.



Feito através da técnica de rotoscopia, onde se desenha a partir de imagens gravadas,

Filó

teve como grande inspiração os gifs animados eróticos - não por acaso, a internet é citada nos agradecimentos presentes nos créditos finais. Provocador e ousado, o curta tem como proposta maior cutucar o tabu em torno do sexo a partir de um supostamente singelo conto de fadas.



O Cine Ceará continua nesta segunda-feira, com a exibição de mais três curtas e o longa argentino Ninguém Está Olhando. Acompanhe nossa cobertura diária no

AdoroCinema

, pelo site e também pelo Instagram Stories (@adorocinema).

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade