PUBLICIDADE

10 filmes da Mostra de SP para assistir nos cinemas

Festival acontece entre os dias 21 de outubro e 3 de novembro, com exibições presenciais e online

19 out 2021 14h35
| atualizado em 20/10/2021 às 10h19
ver comentários
Publicidade

Está chegando o momento mais aguardado do ano para os cinéfilos brasileiros. A 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, um dos eventos mais importantes do país, acontece entre os dias 21 de outubro e 3 de novembro, com exibições presenciais e online. Nesta edição, serão 264 títulos de mais 50 países.

'Titane' foi vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes deste ano
'Titane' foi vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes deste ano
Foto: Divulgação/Mostra

O festival também terá exibições no Museu da Imigração, no Vão Livre do Masp e no Vale do Anhangabaú. No Masp, por exemplo, o público poderá assistir ao novo filme da cineasta Laís Bodanzky, A Viagem de Pedro, estrelado por Cauã Reymond. Já o Museu da Imigração traz sessões do brasileiro 7 Prisioneiros, com Rodrigo Santoro. Ao todo, serão 39 filmes brasileiros em exibição.

O evento terá quatro seções: Perspectiva Internacional, Mostra Brasil, Competição Novos Diretores e Apresentação Especial, que contará com filmes de realizadores renomados, clássicos restaurados, curtas-metragens e um apanhado do panorama cinematográfico atual. Além dos filmes, a Mostra contará com oficinas, masterclasses, debates sobre cinema e lançamento de livros.

A atriz francesa Marion Cotillard estrela o longa 'Annette', que recebeu o prêmio de Melhor Direção no Festival de Cannes
A atriz francesa Marion Cotillard estrela o longa 'Annette', que recebeu o prêmio de Melhor Direção no Festival de Cannes
Foto: Divulgação/Mostra

Ficou com saudades de uma boa sala de cinema? O Terra selecionou alguns destaques do festival para assistir presencialmente em São Paulo. Todas as sessões seguirão os protocolos de segurança contra a Covid-19, com exigência do uso de máscara e do comprovante de vacinação. Os ingressos podem ser adquiridos na Mostra Play ou pelo aplicativo do evento. A programação completa com os dias e horários das exibições está disponível no site da Mostra. Confira as sugestões abaixo:

TITANE

Neste filme vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes deste ano, a diretora Julia Ducournau conta a história de um jovem com rosto ferido que é descoberto em um aeroporto. Ele afirma se chamar Adrien Legrand - mesmo nome de uma criança que desapareceu há dez anos. No momento em que ele finalmente reencontra o pai, terríveis assassinatos se acumulam na região.

A CRÔNICA FRANCESA

Na ocasião da morte do editor Arthur Howitzer Jr., a equipe da Crônica Francesa, uma revista americana de ampla circulação sediada na cidade fictícia de Ennui-sur-Blasé, na França, se reúne para escrever o obituário do jornalista. As memórias de Howitzer permitem a criação de quatro histórias: um diário de viagens pelas partes mais degradadas da cidadezinha; uma matéria sobre um pintor criminalmente insano; uma crônica de amor e morte nas barricadas durante o ápice da revolta estudantil; e uma fábula de suspense sobre drogas, sequestro e jantares de luxo. Exibido nos festivais de Cannes e San Sebastián.

'A Crônica Francesa', de Wes Anderson, foi exibido nos festivais de Cannes e San Sebastián
'A Crônica Francesa', de Wes Anderson, foi exibido nos festivais de Cannes e San Sebastián
Foto: Divulgação/Mostra

ANNETTE 

Filme que rendeu a Leos Carax o prêmio de Melhor Direção no Festival de Cannes deste ano. Um casal aparentemente perfeito - um provocador comediante de stand-up e uma cantora de ópera famosa internacionalmente - leva uma vida glamourosa numa Los Angeles contemporânea. No entanto, o nascimento de Annette, a filha dos dois, e o surgimento dos misteriosos dons da garotinha mudarão para sempre a trajetória dessa família.

MEMÓRIA

Desde que foi surpreendida por um forte estrondo ao amanhecer, Jessica não consegue mais dormir. Em Bogotá para visitar a irmã, ela faz amizade com Agnes, uma arqueóloga que investiga vestígios humanos descobertos durante a construção de um túnel. Jessica viaja para ver Agnes no local da escavação. Em uma pequena cidade próxima, conhece Hernan. Eles compartilham memórias à beira do rio e, à medida que o dia chega ao fim, Jessica sente o despertar para uma sensação de clareza. Por este filme, o cineasta Apichatpong Weerasethakul levou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes.

Cauã Reymond interpreta um ex-imperador em 'A viagem de Pedro'
Cauã Reymond interpreta um ex-imperador em 'A viagem de Pedro'
Foto: Divulgação/Mostra

A VIAGEM DE PEDRO

No primeiro longa histórico da cineasta Laís Bondanzky, o ator Cauã Reymond interpreta Pedro, ex-imperador do Brasil, durante a travessia do Atlântico em uma fragata inglesa rumo à Europa, em 1831. Doente e inseguro, ele busca forças físicas e emocionais para enfrentar o irmão, que usurpou seu reino em Portugal. O filme será exibido em uma sessão gratuita no Vão Livre do Masp no dia 30 de outubro.

DESERTO PARTICULAR

Este filme do diretor Aly Muritiba foi o escolhido para representar o Brasil no Oscar deste ano. Na história, acompanhamos Daniel, um policial exemplar que acaba cometendo um erro que coloca sua carreira e sua honra em risco. Não vendo mais sentido em continuar vivendo em Curitiba, ele parte em busca de Sara, a mulher com quem se relaciona virtualmente. Vencedor do Prêmio do Público BNL no Festival de Veneza.

'Medusa', da brasileira Anita Rocha da Silveira, foi exibido no Festival de Cannes
'Medusa', da brasileira Anita Rocha da Silveira, foi exibido no Festival de Cannes
Foto: Divulgação/Mostra

MEDUSA

Filme da brasileira Anita Rocha da Silveira foi exibido na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes. A história se passa no Brasil nos dias de hoje, onde a jovem Mariana, de 21 anos, se esforça ao máximo para manter a aparência de uma mulher perfeita. Para resistir às tentações, Mariana e suas amigas fazem o possível para controlar tudo e todos ao redor. E isso inclui os pecadores da cidade. À noite, elas saem em grupo, usando máscaras, e caçam e agridem todas as mulheres que se desviaram do caminho correto. No entanto, chegará o dia em que a vontade de gritar será mais forte do que nunca.

MÁ SORTE NO SEXO OU PORNÔ ACIDENTAL

Vencedor do Urso de Ouro de melhor filme no Festival de Berlim, o filme do diretor Radu Jude acompanha Emi, uma professora de história numa respeitada escola conservadora de Bucareste. No entanto, quando seu vídeo fazendo sexo com o marido vaza para todos os alunos, ela corre o risco de ser demitida. A instituição, então, organiza uma grande reunião com os pais dos estudantes, ocasião em que será decidido o destino de Emi.

'Roda do Destino' foi vencedor do Grande Prêmio do Júri do Festival de Berlim
'Roda do Destino' foi vencedor do Grande Prêmio do Júri do Festival de Berlim
Foto: Divulgação/Mostra

RODA DO DESTINO

Filme do diretor japonês Ryusuke Hamaguchi foi vencedor do Grande Prêmio do Júri do Festival de Berlim. A trama conta histórias sobre a complexidade dos relacionamentos, contadas por meio de coincidências que acontecem na vida de três mulheres: Meiko se assusta quando percebe que sua melhor amiga começa a se apaixonar pelo seu ex-namorado; Sasaki planeja se vingar de seu professor da universidade; e Natsuko encontra uma mulher que parece ser alguém de seu passado, levando as duas a confessarem sentimentos guardados.

COMPARTMENT Nº6

Neste filme do finlandês Juho Kuosmanen, vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes, uma jovem finlandesa foge de um enigmático caso amoroso em Moscou ao embarcar em um trem para o porto de Murmansk. Ela acaba forçada a compartilhar a longa viagem e um minúsculo vagão-dormitório com um minerador russo. Esse encontro inesperado leva os ocupantes do compartimento nº 6 a enfrentar a verdade sobre seus próprios desejos. 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade