0

'Galo' infantil, 'Pinto da Madrugada' teria outro nome em SP

O motivo principal seria a resistência ao nome do bloco infantil por parte dos paulistanos.

25 fev 2020
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O primeiro ano do Galo da Madrugada em São Paulo não foi suficiente para garantir que seu filho, o Pinto da Madrugada, também tenha a capital paulista para chamar de nova sede nos próximos anos. O motivo principal seria a resistência ao nome do bloco infantil por parte dos paulistanos. 

"O nome 'pinto' o pessoal em São Paulo não gosta muito. Para nós, aqui em Recife, não tem nada demais. Mas a gente ja teve até um patrocinador que deixou de patrocinar por causa do nome do bloco. Eu não sei como se chama em São Paulo o filho da galinha. Aqui não se faz nenhuma outra associação", explica Rômulo Menezes, presidente do Galo da Madrugada, em entrevista ao Terra.

Outro motivo que poderia atrapalhar a vinda do bloco destinado às crianças seria o tempo de negociação. No caso do Galo, por exemplo, foram seis anos até que a ideia saísse do papel. Ainda assim, o plano de importar o pintinho não é totalmente descartado. "É uma ideia boa de a gente pensar para fazer em São paulo também", diz Menezes. 

Trio elétrico com o mascote do bloco infantil 'Pinto da Madrugada'
Trio elétrico com o mascote do bloco infantil 'Pinto da Madrugada'
Foto: MS Fotografias/ Instagram/ Pinto da Madrugada / Divulgação

O 'Pinto'

A versão mirim do Galo da Madrugada sai pelas ruas do bairro de São José, região central do Recife, desde 2011, sempre às terças-feiras de Carnaval. O bloco foi criado para ajudar a cultivar no imaginário infantil a tradição carnavalesca de Pernambuco. 

Além de passistas de frevo, há atividades recreativas ao longo do percurso e atrações destinadas ao público infantil. As crianças também podem aproveitar a folia dentro de trenzinhos, com capacidade para 80 pessoas. Para isso, é necessário realizar inscrição prévia na sede do Galo da Madrugada e doar uma lata de leite ou dois pacotes de leite em pó – posteriormente doados para comunidades próximas à sede.

Ouça aqui o hino do bloco mirim:

 

Veja mais:

Idosos ocupam as ruas com bloco animado de Carnaval
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade