PUBLICIDADE

Pórtico da Roma Antiga é restaurado após descoberta arqueológica

Local tinha distribuição de trigo em política de 'pão e circo'

27 fev 2024 - 12h27
(atualizado às 12h36)
Compartilhar
Exibir comentários

- Um pórtico da Roma Antiga, usado pelos romanos para receber trigo gratuitamente até o século 3 d.C., vai renovar seu esplendor através de uma restauração em um edifício no centro da capital italiana.

O Pórtico de Minúcio fica na fundação do Palazzo Lares Permarini, na Via das Lojas Escuras, ao sul de onde costumava ficar o Campo de Marte, uma área pública da Roma Antiga que já foi sua zona mais populosa.

A restauração foi feita através de um projeto da Superintendência de Arqueologia de Roma, financiado pela empresa Finint Investments.

Entre os elementos renovados estão uma faixa azul celeste brilhando na escuridão, um mosaico preto e branco e duas linhas de blocos de pedra da era imperial recém-descobertas que permitiram aos pesquisadores fazer uma nova avaliação das três dimensões do antigo edifício.

A descoberta foi feita durante uma reestruturação do edifício, para transformá-lo em um hotel cinco estrelas Radisson Collection.

?É um achado que nos dá uma nova e fundamental peça do mosaico do nosso conhecimento do Pórtico, cujo local era conhecido graças ao Forma Urbis (antigo mapa da cidade), mas que agora pudemos reconstruir de uma maneira extremamente fiel, revelando sua aparência mais do que jamais foi possível?, explicou a superintendente Marta Baumgartner.

Erguido por Marcus Minucius Rufus após seu triunfo sobre os celtas dos Bálcãs em 106 a.C., e reconstruído pelo imperador Domiciano após o grande incêndio de 80 d.C., o Pórtico era composto por colunas duplas em torno de uma enorme praça central, com um imponente templo no centro, onde era distribuído o pão que fazia parte da receita de ?pão e circo?.

 .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade