PUBLICIDADE

Fedez é acusado de difamar assassino italiano em música

Rapper mencionou o duplo assassinato cometido por Pietro Maso

28 set 2021 13h56
| atualizado às 14h05
ver comentários
Publicidade

O rapper italiano Fedez está sendo investigado em Roma sob a acusação de ter difamado o assassino Pietro Maso na letra de uma música lançada recentemente.

O rapper Fedez lançou a música em junho passado
O rapper Fedez lançou a música em junho passado
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Em um dos trechos da canção "No Game Freestyle", publicada em junho passado, o artista fez referência ao duplo assassinato cometido por Maso, que foi condenado a 30 anos de prisão por matar os próprios pais em 1991.

A queixa foi apresentada nos últimos meses pelo advogado do assassino, Alessio Pomponi, que acusou Fedez de difamação agravada.

"O dramático caso pessoal e processual que me envolveu é explicitamente relembrado e que, depois de anos e após uma jornada pessoal cansativa e dolorosa, consegui superar. As expressões utilizadas de forma clara, direta e explícita são objetivamente difamatórias", escreveu Maso na denúncia.

Aos 50 anos de idade, Maso confessou ter matado Antonio Maso e Mariarosa Tessadri com a ajuda de três amigos em 17 de abril de 1991. O objetivo do criminoso era receber sua parte na herança da família.

Após passar 22 anos detido, Maso foi libertado em 2015. No entanto, o italiano acabou internado em uma clínica psiquiátrica em março de 2016. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade