PUBLICIDADE

Ilha italiana retira cidadania honorária de Mussolini

Ustica, na Sicília, concedeu a honraria ao ditador em 1924

20 abr 2024 - 09h48
(atualizado às 10h03)
Compartilhar
Exibir comentários

A ilha siciliana de Ustica, na Itália, anunciou a retirada da cidadania honorária do ditador Benito Mussolini (1883-1945).

A homenagem foi concedida a Mussolini em 1924, que recebeu junto com Roberto Farinacci, Pietro Lanza di Scalea, Alfredo Cucco e Cesare Mori, outros altos funcionários fascistas.

Mussolini e seus homens de confiança não foram os únicos afetados pela ordem das autoridades de Ustica, que também decidiram retirar o título de outras celebridades já falecidas.

A ilha também excluiu de seu quadro de cidadãos honorários a lenda do showbiz Mike Bongiorno, o aventureiro francês Jacques-Yves Cousteau, o astronauta norte-americano Malcom Scott Carpenter e o produtor Walt Disney. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade