PUBLICIDADE

Bar (não) é lugar de criança

Neste episódio do podcast Próxima Parada, falamos sobre a polêmica do bar que proibiu uma mulher de permanecer com o filho no local, na visão de mães das periferias

9 abr 2022 09h34
| atualizado em 11/4/2022 às 15h08
ver comentários
Publicidade

Um bar da região central da cidade de São Paulo proibiu a entrada de uma mãe com o filho, que comemoraria o aniversário de uma amiga, num espaço aberto em pleno domingo à tarde. A proibição gerou um debate acalorado nas redes sociais. Existe lugar de criança na cidade?

Fomos perguntar às mães Luana Fernandes e Valdéria Silva, moradoras de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, e Halitane Rocha, de Cotia, na região metropolitana, o que achavam do impedimento e para onde costumam levar seus filhos.

Também conversamos com a jornalista Mayara Penina, especialista em educação infantil, sobre os espaços que as crianças precisam ocupar nas cidades.

Próxima Parada

Produzido pela Agência Mural e distribuído exclusivamente pelo Spotify, o Próxima Parada conta com a colaboração da nossa rede de correspondentes locais dos bairros periféricos da Grande São Paulo. Para ouvir o episódio, basta clicar neste link do programa e se cadastrar gratuitamente no aplicativo.

De segunda a sexta-feira, sempre no final da tarde, um novo episódio fica disponível. Ali, os apresentadores e repórteres Gabriela Carvalho e Rômulo Cabrera contam histórias, analisam fatos e apontam possíveis soluções para as demandas das quebradas. A edição de som da Pammela Gentil, a distribuição nas redes sociais da Pietra Alcântara e coordenação geral do podcast é do Vagner de Alencar.

Foto: Léu Britto/Agência Mural / Agência Mural

 

Agência Mural
Publicidade
Publicidade