PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Novo foguete da Nasa vai procurar vida da lua de Júpiter; saiba quando

Europa Clipper, que orbitará Júpiter e se concentrará na lua envolta em gelo do planeta, Europa, deve deixar sede da Nasa em breve

12 abr 2024 - 12h00
Compartilhar
Exibir comentários
Cientistas espaciais a sonda interplanetária que a Nasa planeja enviar a uma das luas geladas de Júpiter
Cientistas espaciais a sonda interplanetária que a Nasa planeja enviar a uma das luas geladas de Júpiter
Foto: Nasa

Engenheiros do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa estão realizando testes finais e preparando a espaçonave Europa Clipper para a próxima etapa de sua jornada: lançamento do Centro Espacial Kennedy da Nasa, na Flórida.

O Europa Clipper, que orbitará Júpiter e se concentrará na lua envolta em gelo do planeta, Europa, deverá deixar o JPL em breve. Seu período de lançamento começa em 10 de outubro, disse a Nasa em comunicado. 

“Uma das questões fundamentais que a Nasa quer compreender é: estamos sozinhos no cosmos?” disse Bob Pappalardo, cientista do projeto da missão, em entrevista à agência AFP.

“Se encontrássemos as condições para a vida, e algum dia realmente encontrássemos vida num lugar como Europa, isso significaria que no nosso próprio sistema solar existem dois exemplos de vida: a Terra e a Europa. Isso seria grandioso para entender como a vida pode ser comum em todo o universo", completou o cientista.

A sonda de 5 milhões de dólares está atualmente em uma “sala limpa” – uma área selada acessível apenas a pessoas que usem cobertura da cabeça aos pés.

As precauções são para garantir que a sonda permaneça livre de contaminantes para evitar o transporte de micróbios terrestres para Europa.

Jornada

Após o transporte para o Centro Espacial Kennedy, na Flórida, o Clipper deve ser lançado a bordo de um foguete Space X Falcon Heavy e iniciar uma jornada de mais de cinco anos que envolve uma passagem por Marte para ganhar velocidade.

Em 2030, deverá estar em órbita ao redor de Júpiter e Europa, onde iniciará um estudo detalhado da lua que os cientistas acreditam estar coberta por água congelada.

"Temos instrumentos como câmeras e espectrômetros, um magnetômetro e um radar que podem penetrar através do gelo, ricochetear na água líquida e voltar à superfície para nos dizer qual a espessura do gelo e onde está localizada a água líquida." disse Pappalardo.

Ao chegar ao gigante gasoso em 2030, a sonda orbitará Júpiter enquanto sobrevoa a Europa dezenas de vezes, mergulhando a cerca de 25 quilômetros da superfície da Lua para recolher dados com o seu poderoso conjunto de instrumentos científicos.

"A informação ajudará os cientistas a aprender sobre o oceano sob a camada gelada da lua, a mapear a composição e a geologia da superfície de Europa e a procurar quaisquer potenciais plumas de vapor de água que possam estar a sair da crosta", disse a Nasa em comunicado. 

Quer saber mais sobre essa missão espacial? Então clica aqui.

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade