Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Nos últimos dias de contrato com o Fluminense, Marcos Paulo viaja para se apresentar ao Atlético de Madrid

Vínculo com o Tricolor se encerra no próximo dia 30; atacante assinou com o clube espanhol por cinco temporadas

15 jun 2021 20h54
Compartilhar

Nos últimos 15 dias de contrato com o Fluminense, o atacante Marcos Paulo embarcou, na noite desta terça-feira, para a Espanha. Ele registou o momento no Instagram e viaja para se apresentar ao Atlético de Madrid, onde assinou pré-contrato de cinco anos.

Marcos Paulo é cria do Fluminense, mas deixou o clube de graça (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Foto: Lance!

- Preparado para tudo que está por vir! Que Deus abençoe e proteja essa nova caminhada - escreveu o jogador.

Publicidade

Mesmo com contrato até 30 de junho, Marcos Paulo sequer vinha treinando no Fluminense. Ele iniciou a preparação com o time alternativo para a temporada e chegou a ser testado como titular, mas não foi relacionado para as partidas. O Flu tentou negociar uma taxa de vitrine com o Atlético de Madrid para dar minutos ao jovem, mas não houve acordo.

Com a volta do grupo principal ao CT Carlos Castilho, o atacante de 20 anos foi afastado e passou a treinar com o elenco sub-23. A última partida do jogador, criado em Xerém, foi na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo em dia 24 de janeiro, quando entrou nos minutos finais do clássico em São Januário. Ele chegou a ficar no banco na vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, em 3 de fevereiro, mas não jogou.

Ele deixa o Fluminense de graça após recusar a proposta de renovação e assinar com o clube espanhol. Integrante da "Geração de Ouro" do Flu em 2018, Marcos Paulo viveu o auge no Sub-17, ao lado de João Pedro, Calegari, Luan Freitas, André, Martinelli, Wallace, Luiz Henrique, entre outros.

O atacante assinou o primeiro contrato profissional em julho de 2018, válido por dois anos. Com o assédio de clubes do exterior, o Fluminense aumentou o contrato para três anos, além de dar um reajuste salarial. Ou seja, até junho de 2021. Três anos é o máximo de tempo permitido pela Fifa para jogadores entre 16 e 18 anos.

Publicidade

O jogador chegou a receber propostas de clubes europeus, mas o clube preferiu negociar João Pedro na época, entendendo que Marcos Paulo poderia render valores mais altos. Quando completou 18 anos, em fevereiro de 2019, o jovem foi para os profissionais, mas a direção não conversou por uma renovação naquele momento. A primeira proposta foi em junho de 2020, por Mário Bittencourt, mas as conversas não tiveram sucesso. Desde que subiu, Marcos Paulo soma 79 jogos e 14 gols com a camisa tricolor. Ele foi o vice-líder em assistências na temporada passada.

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações