Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Bolsonaro provoca Bonner e promove nova TV que vai apoiá-lo

Em live, presidente diz aceitar ser entrevistado pela Globo, mas impõe uma condição

24 set 2021 09h53
Compartilhar
Bolsonaro aceita ser entrevistado pelo ‘inimigo’ Bonner, mas só ao vivo
Foto: Divulgação/Presidência da República e Reprodução/TV Globo

Isolado no Palácio da Alvorada em cumprimento de quarentena recomendada pela Anvisa, após voltar da viagem a Nova York, Jair Bolsonaro fez sua habitual live das quintas-feiras sem ninguém ao seu lado na mesa da biblioteca. A tradutora de libras estava em outro ambiente. A poucos metros do presidente, apenas alguns assessores civis e militares.

Logo no início, o presidente informou que está disposto a conceder entrevistas aos veículos de imprensa ‘inimigos’, ou seja, aqueles não aliados ao seu discurso e que são críticos de seu governo – especialmente da gestão da pandemia de covid-19 no País.

Publicidade

“Eu vou voltar a conversar, isoladamente, com alguns órgãos de imprensa. Como acabei, agora há pouco, de falar com a revista ‘Veja’. Quiseram me entrevistar, a pauta foi feita, eu concordei, tive uma hora de exposição deles”, relatou.

Mas Bolsonaro fez uma ressalva em relação ao Grupo Globo, seu principal alvo de xingamentos na mídia. “A imprensa que quiser conversar comigo, não tem problema. Agora a gente espera que não haja distorções, só isso. No tocante ao Sistema Globo, se quiser uma entrevista ao vivo, tô à disposição. Gravar pra vocês, aí fica difícil. Mas se quiserem ao vivo, sem problema nenhum.”

A imposição de fazer somente ao vivo ressalta a desconfiança do presidente sobre possível manipulação na edição da entrevista. A última vez que ele conversou em tempo real com a Globo foi em 29 de outubro de 2018, dia seguinte ao segundo turno. Ele falou por 12 minutos com William Bonner e Renata Vasconcellos, âncoras do ‘Jornal Nacional’.

Em outro momento da transmissão de ontem, Bolsonaro reclamou das recorrentes matérias sobre o aumento do desmatamento na Amazônia exibidas no ‘JN’. “Oitenta e quatro porcento da floresta Amazônia está intacta (sic), números reais. Dizer pra TV Globo aí, que não fala bem a verdade... Ô Bonner, pega mal, Bonner, pega mal.”

Publicidade

No final da live, Jair Bolsonaro elogiou o programa ‘Os Pingos nos Is’, da rádio Jovem Pan. O presidente diz ouvir a atração diariamente para se informar. Ele mostrou um papel com o anúncio da estreia da TV Jovem Pan News, novo canal previsto para entrar no ar em 17 de outubro.

O presidente fez propaganda da TV Jovem Pan News, canal que terá linha editorial alinhada a seu governo
Foto: Reprodução/YouTube

Bolsonaro contou que será o primeiro entrevistado do programa de TV de Augusto Nunes, âncora do ‘Os Pingos nos Is’ e implacável defensor do bolsonarismo. A TV Jovem Pan News quer ser a antiGlobo, com espaço predominante para notícias positivas sobre o governo federal e a promoção do discurso conservador e de direita. A ambição é concorrer em audiência com a GloboNews e a CNN Brasil, principais emissoras de notícias do País.

Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Ativar notificações