PUBLICIDADE

Manoel Soares tietado e discursos potentes marcam lançamento do Fórum Brasil Diverso 2023

Evento celebrou ainda os 27 anos da Revista Raça. Lançada em 1996, a publicação foi um marco no mercado editorial brasileiro

13 set 2023 - 10h38
(atualizado às 10h54)
Compartilhar
Exibir comentários
Evento celebrou 27 anos da Revista Raça e lançamento do Fórum Brasil Diverso 2023
Evento celebrou 27 anos da Revista Raça e lançamento do Fórum Brasil Diverso 2023
Foto: Iran Giusti

Uma plateia majoritariamente negra preenchia as poltronas do teatro Vivo, na zona sul da cidade de São Paulo. Entre os convidados do evento, os atores Tiago Barbosa e Yara Charry, a cantora MC Soffia, a estilista Isa Silva, o CEO da revista Raça Maurício Pestana e o apresentador Manoel Soares.

E essa plateia negra foi assunto a noite toda. "Que plateia linda! Muitas vezes eu fiz teatro e a plateia não é assim! Sejam bem-vindos, bem-vindas, bem-vindes", disparou emocionada a apresentadora da noite, a atriz Adriana Lessa. 

A emoção não foi à toa, os 274 assentos acomodavam homens e mulheres de diversas idades, tons de pele negra, uma infinidade de cabelos e penteados e uma vibração só possível de se sentir quando um grupo de pessoas se sente pertencente. 

 Cinco livros essenciais para um antirracista Cinco livros essenciais para um antirracista

Aniversário de 27 anos

Lançada em 1996, a revista Raça foi um marco no mercado editorial brasileiro. Antes dela e até alguns anos depois, existia dentro da indústria o mito de que pessoas negras nas publicações diminuíam a vendagem e afugentavam anunciantes.

Trazendo a atriz e cantora Isabel Fillardis na capa, a primeira edição da revista vendeu 275 mil exemplares, um recorde de vendas de uma publicação no país, segundo Maurício Pestana. 

Ao longo da noite capas foram relembradas e homenagens feitas, como Isa Silva representado todas as capas de moda da publicação e a jornalista Joyce Ribeiro, que subiu ao palco com o companheiro e as duas filhas para celebrar as capas que representavam as famílias e relembrou as tias que com mais de 90 anos colecionam a publicação e mostram, orgulhosas, as capas que a sobrinha estampou para as visitas. 

O mais aplaudido e tietado da noite foi o apresentador Manoel Soares, que relembrou que foi na Raça a "primeira vez que sai na capa de uma revista. Quando a gente fala da Raça estamos falando de documento, de um documento que registra a nossa história", celebrou. Ao lado dele, a recordista de palmas foi a jovem MC Soffia, que representou a juventude nas capas da revista e também a jornalista Gabriela Dias, que afirmou a importância do espaço para que "a gente possa existir e respirar, porque tem horas que a gente cansa de resistir". 

Fórum Brasil Diverso 2023

O evento marcou também o lançamento do Fórum Brasil Diverso 2023. Com um vídeo de Maurício com a empresária Luiza Trajano contando como se tornou uma aliada na luta antirracista, o CEO lembrou que foi no Teatro da Vivo, onde acontecia o lançamento, que "o Fórum cresceu". 

Caminhando para nona edição, o evento precisou buscar uma casa maior e vai acontecer nos dias 17 e 18 de novembro, no Hotel Unique em São Paulo, para receber mais de 1.200 pessoas em 2 dias de atrações e palestras.

"O Fórum não é um evento com milhares de empresas, mas, sim, com as que têm as melhores práticas, junto com pessoas de fora do país que trazemos para discutir questões que vão sempre além", falou Maurício se referindo às discussões aprofundadas que o evento adiciona a debates corriqueiros que permeiam as práticas diversidade e inclusão. 

Escola para todos: promovendo uma educação antirracista:

O tema da 9ª edição do evento será “ESG: a síntese da diversidade, equidade e inclusão” e vai contar com a participação de Isa Silva, Maurício Rodrigues (Presidente Bayer LatAM0, Regina Silvestre (Gerente de Diversidade, Inclusão e Cultura na VIVO/Telefônica) e do francês Jerry Padoly, único perfumista negro no mercado de luxo.

A inovação deste ano será a programação em três espaços simultâneos: Sala MOVER, em parceria com o coletivo de capacitação Mover, Sala Educação, em parceria com a Fundação Dom Cabral e a Sala Afro empreendedorismo, com espaços de interação entre empresas de pequeno, médio e grande porte, empresas dirigidas por pessoas negras e espaço para que instituições de ensino com programas de ações afirmativas, cotas ou cursos complementares possam expor suas oportunidades, bolsas e intercâmbio.

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade