PUBLICIDADE

Festa Junina: canjica de paçoca cremosa e vegana 

Da série receitas juninas, hoje vamos fazer a tradicional canjica cremosa, na versão vegana, para uma festa junina sem crueldade animal

16 jun 2023 - 11h54
(atualizado às 15h39)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: CanvaPro

Essa iguaria que é muito popular no Brasil todo, conhecida como Canjica ou Mungunzá, é feita com grãos do milho-branco ou amarelo. Não tem como pensar em festa junina e não pensar nesse doce tão tradicional da nossa terra. 

Como já colocamos aqui na coluna que diversos preparos no Brasil, e principalmente no mês junino são feitos sem nada de origem animal, o munguzá geralmente é cozido em um caldo com leite de coco, açúcar, canela em pó ou em pau e cravo da índia. E é um prato que pode ser considerado vegano, e é típico da culinária brasileira.

Diferente dos preparos que são feitos especificamente para o mês junino, o mungunzá é apreciado o ano todo e em todas as regiões do país, cada um com a sua particularidade.

Aqui optamos por utilizar os dois nomes mais comuns, levando em consideração que cada região do país usa um termo diferente. No Nordeste do Brasil, é amplamente conhecido como Munguzá. No Sul e no Sudeste, e também no Distrito Federal, é conhecido como Canjica ou Canjicão. Já no Maranhão e no Piauí é conhecido como mingau de milho, e mais especificamente no estado do Pará é conhecido como mingau de milho-branco.

RECEITA

INGREDIENTES:

300g de milho-branco

500ml de leite de coco

½ xícara de açúcar

4 paçocas

Água do cozimento

Canela em pau a gosto

Cravo da índia a gosto

Se liga no modo de preparo

1. É aconselhável deixar o grão de molho por pelo menos 8h antes de preparar a canjica 

2. Depois desse processo bora levar esses grãos para uma panela de pressão e cozinhar por aproximadamente 50 minutos

3. Assim que cozinhou, e os grãos estão com a textura perfeita, é hora de reservar a água do cozimento (vamos utilizar ela no processo) 

4. Logo após, em uma panela, misture o leite de coco e o açúcar ao milho cozido, coloque a canela em pau e o cravo e mexe bem

5. Agora entra a água do cozimento, vá adicionando a água aos poucos até ficar na textura que desejar

6. Em fogo baixo, deixe ferver por 5 minutos, assim que engrossar é hora de colocar as paçocas. Está pronto!

Vegano Periférico Leonardo e Eduardo dos Santos são irmãos gêmeos, nascidos e criados na periferia de Campinas, interior de São Paulo. São midiativistas da Vegano Periférico, um movimento e coletivo que começou como uma conta do Instagram em outubro de 2017. Atuam pelos direitos humanos e direitos animais por meio da luta inclusiva e acessível, e nos seus canais de comunicação abordam temas como autonomia alimentar, reforma agrária, justiça social e meio ambiente.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade