PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Rio de Janeiro seleciona jovens para RAP da Saúde

Curso forma agentes da Rede de Adolescentes e Jovens Promotores da Saúde. São 191 vagas com bolsa

4 abr 2024 - 05h00
(atualizado em 9/4/2024 às 16h28)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Inscrições para o processo seletivo, para moradores do Rio de Janeiro entre 14 e 24 anos, vão até 7 de abril. O curso tem como principal objetivo instruir e capacitar o público jovem nas diversas áreas. São formados "multiplicadores" e "dinamizadores", com valores diferentes de bolsa para cada atividade.
Mais de 800 adolescentes e jovens se formaram pelo RAP da Saúde desde 2015, ano de lançamento do programa
Mais de 800 adolescentes e jovens se formaram pelo RAP da Saúde desde 2015, ano de lançamento do programa
Foto: Arquivo SMS

Estão abertas até 7 de abril as inscrições para o processo seletivo do curso de formação da Rede de Adolescentes e Jovens Promotores da Saúde (RAP da Saúde). São 191 vagas divididas entre experiência prévia ou não, para moradores da cidade do Rio de Janeiro entre 14 e 24 anos de idade.

O curso tem como principal objetivo instruir e capacitar o público jovem nas áreas da saúde, tecnologia, empregabilidade, educação, cultura e lazer, assistência social e direitos humanos. Dura 11 meses e forma dois tipos de agentes.

O “multiplicador”, com carga horária de 12 horas, é para quem tem maior capacidade de disseminar informações. Para exercer esta função, não se exige prática. Para ser “dinamizador” e realizar a formação de 16 horas, exige-se experiência em liderança juvenil.

Processo seletivo do RAP da Saúde

O processo seletivo é dividido em duas etapas: análise da ficha de inscrição e entrevista individual. Adolescentes e jovens selecionados ganham auxílio financeiro de R$ 450 na função de “multiplicador” e R$ 650 como “dinamizador”.

Mais de 800 adolescentes e jovens se formaram pelo RAP da Saúde desde 2015, ano de lançamento do programa. Atuam nas unidades de Atenção Primária à Saúde (APS), como clínicas da família e centros municipais de saúde. Desenvolvem ações educativas e debatem assuntos ligados à saúde.

RAP da Saúde é um projeto da Superintendência de Promoção da Saúde (SPS) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio de Janeiro. A seleção de participantes é feita com base em critérios de vulnerabilidade.

O projeto começou em 2007, na Maré e Rocinha, sendo institucionalizado e reformulado em 2015.

Serviço

A inscrição para o processo seletivo é realizada neste link.

Fonte: Visão do Corre
Compartilhar
Publicidade
Publicidade