PUBLICIDADE

Caracas

Com biblioteca, café e jardins, parque é destaque em Caracas

ver comentários
Publicidade
O Parque Ezequiel Zamora fica na Urbanización El Silencio, 1010
O Parque Ezequiel Zamora fica na Urbanización El Silencio, 1010
Foto: Creative Commons

Com amplas áreas verdes, jardins, monumentos, praças, capela, cafeteria e biblioteca espalhados ao longo de seus 17 hectares, o Parque Ezequiel Zamora, também conhecido como Paseo El Calvario, é uma das atrações mais completas de Caracas.

Localizado no alto de uma colina, sua história se confunde com a da capital venezuelana. Afinal, desde a fundação da cidade, em 1507, o lugar é considerado um espaço sagrado. Tanto é que, no início do século 17, uma pequena capela foi construída no local, que era o principal destino das procissões religiosas de Caracas.

A região permaneceu inalterada até 1884, quando foi criado o Cemitério General del Sur, o principal da cidade. Ao mesmo tempo, a colina se transformou em um passeio edificado nos moldes dos jardins parisienses. No ano seguinte, a Capela Nossa Senhora de Lurdes, de estilo gótico, foi erguida para ocupar o lugar do antigo templo religioso.

Caracas oferece cultura e arte a preços convidativos:

Ao final do século, o espaço já estava repleto de árvores e plantas de espécies exóticas, e sua importância para a cidade ia crescendo conforme ele ganhava novas atrações. Em 1940, por exemplo, a parte norte do parque passou a abrigar o Museu Ornitológico de Caracas. Na sequência, o complexo ganhou uma série de bustos homenageando importante figuras históricas, como Simón Bolívar e Miguel de Cervantes.

Em 2009, o parque passou por um profundo processo de revitalização, que incluiu toda a parte de jardinagem, mobiliário urbano e iluminação, além do reforço do policiamento. Além disso, o espaço ganhou uma biblioteca e uma cafeteria, e atualmente é uma das principais áreas de lazer e cultura de Caracas, tanto para os moradores locais, quanto para os turistas.

Fonte: PrimaPagina
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade