2 eventos ao vivo

Peru: conheça os principais pontos turísticos de Lima

17 jul 2013
07h51
atualizado às 07h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Fundada em 1535, a capital do Peru, Lima, mistura aspectos de uma cidade cosmopolita e resquícios de seu passado colonial. No Centro Histórico, declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, está a famosa Plaza de Armas, com símbolos arquitetônicos, como a Catedral, o Monastério San Francisco e o Palacio de Gobierno.

A metrópole também possui uma grande oferta de museus, como o Larco, que reúne peças do império inca e até uma coleção de arte erótica. Com acontece em outras regiões do país, Lima também apresenta sítios arqueológicos como Huaca Pucllana. Confira esses e outros pontos turísticos de Lima.

Plaza de Armas
Além de abrigar a catedral da cidade, o Palacio de Gobierno e a igreja e convento de San Francisco, a principal praça de Lima também é lugar da antiga residência de Francisco Pizarro e atual centro do poder político do país. Por lá é possível fazer um passeio de trem, charrete ou apenas passear pela praça que fica cheia de turistas e locais nos finais de semana. A área também é rodeada de lojas e restaurantes.

Catedral de Lima
O prédio de estilo barroco foi construído originalmente em 1540, mas, devido a terremotos e guerras, precisou ser reconstruído cinco vezes. O altar feito de madeira entalhada chama atenção assim como os mosaicos e as pinturas da igreja. Em 1756, a catedral recebeu os restos mortais do conquistador espanhol Francisco Pizarro, que ocupam uma capela feita de mármore. O prédio também abriga capelas e o Museo de Arte Religiosa. O prédio é aberto à visitação de segunda a sexta, das 9h às 17h, aos sábados, das 10h às 13h, e aos domingos, quando a entrada é restrita aos horários de missa.  

Igreja e monastério de San Francisco
O complexo reúne uma igreja e um monastério, mas é especialmente conhecido por suas catacumbas subterrâneas que possuem cerca de 25 mil ossadas de pessoas enterradas ali entre os séculos 17 e 18. Esta foi uma das únicas construções que resistiram ao grande terremoto que atingiu a cidade em 1746. O edifício também possui um museu e oferece um passeio guiado com informações sobre a história da arquitetura, de ícones religiosos e obras de arte. O tour também inclui visitação às catacumbas e a igreja fica aberta diariamente das 7h às 11h e das 16h às 20h.

<p>Prédios da época colonial se espalham pelo centro histórico da cidade</p>
Prédios da época colonial se espalham pelo centro histórico da cidade
Foto: Roberta Figueira/Terra
Convento San Domingo
O convento da ordem dominicana foi fundado em 1535 e abriga em sua sala capitular os restos mortais de Santa Rosa de Lima, uma das santas mais veneradas pelo povo peruano. Logo na entrada, os visitantes podem observar o belo teto feito de mosaico de madeira e os azulejos que datam do início do século 17. O prédio também contém uma biblioteca de cerca de 25 mil volumes. A capela de San Martin, outro santo fortemente venerado no país, ocupa o segundo claustro, com arquitetura de influência árabe. Construída no século 18, a capela também contém a tumba do santo. Foi no convento que, em 1551, foi fundada a Universidade de San Marco, considerada a primeira das Américas.

Huaca Pucllana
Localizado em Miraflores, um dos bairros mais nobres da cidade, esse sítio arqueológico é considerado um dos mais importantes centros cerimoniais da época pré-hispânica. A pirâmide de cerca de 25 metros de altura é apenas uma parte da construção original e vem sendo restaurada há mais de 30 anos. O local também abriga um museu com objetos encontrados nas escavações e serve de palco para alguns eventos culturais.

Museu Larco
Este é um dos museus mais importantes do país. Seu acervo reúne milhares de peças encontradas durante escavações nas terras de seu fundador, Rafael Larco. Além da exposição com esculturas, objetos domésticos, joias e restos mortais, o museu também possui uma mostra de arte erótica, com representações do povo inca de hábitos sexuais. Depois de curtir a exposição, o turista ainda pode passar algum tempo no café ou no jardim florido do museu. A visitação acontece de segunda a domingo, das 9h às 22h, e custa 30 soles, cerca de R$ 24.

O Terra viajou ao Peru à convite da TAM Linhas Aéreas, da Lan Airlines, do Sumaq Machu Picchu Hotel e da Condor Travel.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://turismo.terra.com.br/infograficos/pontos-peru-amor-a-vida/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://turismo.terra.com.br/infograficos/pontos-peru-amor-a-vida/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;Conhe&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;ccedil;a os pontos do Peru de &amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lsquo;Amor &amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;agrave; Vida&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;rsquo;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade