1 evento ao vivo

Cruzeiros na temporada têm restrições ao cigarro, confira

Navios possuem áreas restritas para fumantes e especificações dependem das companhias

8 jan 2016
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As restrições ao fumo estão cada vez mais fortes e nos navios de cruzeiro não é diferente. Com isso, muitos fumantes ficam em dúvida sobre como proceder a bordo de um navio, em que áreas é permitido acender um cigarro, charuto ou cachimbo, e onde a atividade é vetada. Na temporada brasileira as quatro companhias têm regras específicas para isso.

Companhias têm restrições ao consumo de cigarro
Companhias têm restrições ao consumo de cigarro
Foto: Dmytro Zinkevych/Shutterstock

Nos navios da Royal Caribbean International é totalmente proibido fumar nas cabines, nem mesmo nas com varanda. A única área interna do navio que pode ser usada para isso é o cassino. Em determinados deques abertos da embarcação os fumantes podem acender cigarros, e esses locais estão sinalizados.

A Pullmantur segue uma política semelhante. Nos quartos e varandas é totalmente vetado, mas a companhia não possui locais internos onde o cigarro é permitido. Já em áreas abertas há locais indicados para isso. Na piscina, por exemplo, há um ponto determinado para uso de cigarro.

Uma das políticas mais abertas para fumantes entre as armadoras na temporada brasileira é a da Costa Cruzeiros. Nos navios há alguns ambientes internos apropriados para isso. É o caso dos lounges Cigar Bar, reservado especialmente para amantes do fumo. Hóspedes que estiverem em cabines e suítes com varanda, que são equipadas com cinzeiros, podem usá-las para fumar. Há também locais nos deques externos sinalizados.

Na MSC Cruzeiros a maioria dos salões públicos a bordo dos navios na temporada possuem fumódromos. No entanto, que é proibido fumar no auditório, no teatro, nos restaurantes, nas cabines, incluindo as varandas, e elevadores.

Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade