PUBLICIDADE

Cruzeiro de volta ao mundo terá escalas no Brasil

ver comentários
Publicidade
<p>O Brasil está na rota do cruzeiro, com escalas no Rio de Janeiro e Salvador</p>
O Brasil está na rota do cruzeiro, com escalas no Rio de Janeiro e Salvador
Foto: E. P. Adler/Shutterstock

Uma das rotas dos cruzeiros de volta ao mundo da companhia Cunard Line para 2016 terá escalas no litoral brasileiro. Os hóspedes que embarcarem na viagem de 121 dias do Queen Mary 2 farão escalas em Salvador, na Bahia, e no Rio de Janeiro. 

Os três navios da companhia partirão em longas jornadas, todas com saída de Southampton, na Inglaterra, em 10 de janeiro e retornarão em 10 de maio. Esta será a primeira viagem de volta ao mundo do Queen Mary 2 desde 2009.

Envie sua foto em um cruzeiro para ser publicada no Terra

Conheça o cruzeiro que permite ver de baleias a icebergs

Ao longo da viagem, o navio vai atracar em 8 portos onde nunca esteve: Amber Cove, na República Dominicana, Punta del Este, no Uruguai, Papeete e Moorea, na Polinésia Francesa, Hanói, no Vietnã, Limassol, no Chipre, Haifa, em Israel, e Éfeso, na Turquia. Estão previstas ainda pernoites, uma delas no Rio de Janeiro. As outras três ocorrem em Punta del Este, Sydney, na Austrália, e Dubai, nos Emirados Árabes. No total, a viagem vai passar por 38 portos em 26 países.

O roteiro pode ser feito em sua totalidade por quem tem disponíveis 121 dias para ficar a bordo, ou em diversas rotas menores, entre 7 e 37 dias. É possível embarcar no Rio de Janeiro no dia 2 de fevereiro de 2016 para um trecho de 15 dias até Valparaíso, no Chile, ou de 37 dias até Sydney. O preço do cruzeiro completo parte de US$ 19.999 por pessoa, mais taxas. A viagem de volta ao mundo a bordo do Queen Mary 2 incluirá as Américas do Norte, Central e do Sul, Oceania, Ásia, Oriente Médio e Europa. 

Pioneira
Já o Queen Victoria navega para as Américas do Norte, Central e Sul, Oceania, Ásia e contorna a África e, na Europa, apenas para em Southampton para o início e o fim do roteiro. Por sua vez, o Queen Elizabeth vai percorrer os mesmos territórios, exceto as Américas. O conceito de cruzeiro de volta ao mundo foi iniciado pela Cunard Line em 1922 e em 2016 a companhia celebrará 94 anos da modalidade com a marca de armadora que mais levou hóspedes ao redor do globo terrestre.

Fonte: Canarinho Press
Publicidade
Publicidade