PUBLICIDADE

De vida noturna agitada a contato com a natureza: saiba mais sobre Manaus

A 4 mil km de São Paulo, a capital amazonense tem forte identidade local e oferece gastronomia única

14 nov 2013 13h29
| atualizado em 28/2/2014 às 18h07
ver comentários
Publicidade

Capital do estado do Amazonas e maior cidade da região da Floresta Amazônica, com cerca de 2 milhões de habitantes, Manaus é uma terra de contrastes, história, cultura e aventuras. A  longa distância e o preço das pasagens fazem da cidade um destino relativamente pouco conhecido  para o grande turismo brasileiro. Para se ter uma ideia, a distância entre São Paulo e Manaus é de cerca de 4 mil km e  três horas de voo, mais do que a distância percorrida para conhecer capitais de outros países, como Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai.

Mas quem viaja para Manaus encontra uma cidade vibrante com  uma forte identidade local, acesso a uma incrível natureza, habitantes simpáticos e acolhedores, uma cozinha regional única e uma vida noturna agitada e divertida. Às margens do Rio Negro, Manaus  mantém vestígios de seus tempos áureos do Ciclo da Borracha, durante o qual foi uma das cidades mais ricas do Brasil. O mais imponente e preservado é o belíssimo Teatro Amazonas, inaugurado em 1896, e ponto importante, até hoje, da rica vida cultural da capital amazonense. Procurando as datas certas, é possível não apenas conhecer esse marco arquitetônico nacional, como também assistir a apresentações de peças de teatro ou da Orquestra Filarmônica do Amazonas.

<p>Porto de Manaus</p>
Porto de Manaus
Foto: Wagner Fontoura/Flickr

O Teatro está situado num dos pontos mais charmosos do centro de Manaus, o largo de São Sebastião. Com casinhas coloridas que preservam a arquitetura dos anos da borracha, a praça é um ponto de encontro dos manauaras aos finais de semana,  que aproveitam os bares, restaurantes e quiosques de pratos típicos. Também no largo, os visitantes encontram a bela Igreja de São Sebastião e a Galeria Amazonas, que vende produtos artesanais indígenas de ótima qualidade,  com garantia de origem e indicação de etnia e método de trabalho.

Outro local emblemático do centro da cidade é o Porto de Manaus, ponto de partida de barcos que transportam passageiros pela região. Vizinho do recém reinaugurado Mercado Municipal, que vende alimentos e artesanato, o porto foi construído na Inglaterra e transportado ao Brasil peça por peça, para ser inaugurado em 1907. É dali, do porto flutuante, que partem também boa parte das lanchas de passeio que levam os turistas para conhecer o encontro das águas de cores diferentes dos rios Negro e Solimões, nadar com botos, ver de perto a vegetação da Floresta Amazônica e seus animais e assistir a rituais indígenas. Os tours, que custam a partir de R$ 160 com almoço incluído, são ideais para quem não tem tempo de esticar alguns dias e pernoitar na selva, saindo às 9h30 da manhã e voltando às 16h30.

A revitalização do bairro e a inauguração da praia reafirmaram recentemente a Ponta Negra como destino turístico e de lazer, com espaços verdes e quiosques de comidas e bebidas. As areias colocadas artificialmente, os banhistas curtindo o sol e os chuveiros para se refrescar dão ares de “Rio de Janeiro da Amazônia” ao visual banhado pelas águas do Rio Negro. Ao fundo, a Ponte Rio Negro, moderna construção estaiada inaugurada em 2011, complementa o panorama que pode ser visto desde os mirantes instalados acima da praia.

E no que diz respeito a lazer noturno e gastronomia, Manaus não deve nada às maiores capitais brasileiras. A oferta musical agrada aos gostos mais variados, indo do rock no já clássico Porão de Alemão à música eletrônica na badalada Musique Nuite, passando pelo  forró no Kabanas Hall, Já quando o assunto é gastronomia, os turistas encontram saborosos pratos regionais, com peixes como pirarucu, tambaqui e tucunaré como destaques principais. O restaurante Canto da Peixada é um dos mais tradicionais de Manaus, com comida excelente a preços acessíveis. Já o mais sofisticado Banzeiro é um bom endereço para um jantar romântico a dois.

Onde ficar
Hotel Tropical Manaus, diárias a partir de R$ 360. Avenida Coronel Teixeira, 1320, Ponta Negra. Tel: (92) 2123-5000
Hotel Go Inn Manaus, diárias a partir de R$ 190. Rua Monsenhor Coutinho, 560, Centro. Tel: (92) 3306-2600
Hostel GOL Backpackers Manaus, diárias a partir de R$ 40. Rua Barroso, 365, Centro. Tel: (92) 3304-5805

Passeios turísticos
Amazonas Day Tour, rua José Paranaguá, 243. Tel: (92) 9177-5741
Iguana Turismo, rua Dez de Julho, 679, Centro. Tel: (92) 3633-6507

Restaurantes
Canto da Peixada, rua Emílio Moreira, 1677. Praça Quatorze de Janeiro, Centro. Tel: (92) 3234-3021
Banzeiro, Rua Libertador, 102, Nossa Senhora das Graças, (92) 3234-1621

Vida Noturna
Porão do Alemão: Porão do Alemão, Estrada da Ponta Negra 1986, São Jorge. Tel: (92) 3239-2976
Musique Nuit: Av Mário Ypiranga 1010, Adrianópolis. Tel : (92) 2101-2000
Kabanas Hall : Rua do Riacho Ecológico, 683, Tarumã. Tel: (92) 3232-6209

Fonte: Andrés Bruzzone Comunicação Andrés Bruzzone Comunicação
Publicidade
Publicidade