PUBLICIDADE

Skincare para pele negra: saiba tratar oleosidade e manchas

Os cuidados com a pele negra costumam ser focados principalmente na produção excessiva de sebo. Aprenda dicas de skincare para tratá-la corretamente!

18 jan 2022 15h02
ver comentários
Publicidade
Cada pele exige uma rotina única de skincare
Cada pele exige uma rotina única de skincare
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Alto nível de melanina e colágeno — importantes para evitar o envelhecimento precoce e aumentar a resistência ao sol — são algumas das características exclusivas da pele negra. No entanto, esses benefícios naturais não excluem a necessidade de manter uma rotina diária de cuidados com a pele. Inclusive, as principais queixas das mulheres negras, como excesso de oleosidade e manchas, só podem ser tratadas com um bom skincare!

"Apesar de sofrer pouco com os efeitos do amadurecimento e aparentar menos celulite e flacidez de pele por ser mais firme, há mais propensão às manchas escuras (hipercromias pós inflamatórias e melasmas), e também se faz necessário redobrar o cuidado com queloides", destaca a fisioterapeuta e dermatofuncional Aline Caniçais. 

Que tal ouvir alguns conselhos da especialista para turbinar a sua rotina de beleza? Confira essas 3 dicas de skincare para a pele negra e aprenda a tratá-la corretamente! 

Oleosidade? Não mais!

Sofrer mais com o brilho e óleo na pele é resultado direto das glândulas sebáceas serem maiores, sabia? Mas, apesar de incômodo, alguns passos podem ser seguidos para evitar o entupimento dos poros e a formação de cravos e espinhas indesejados, como a limpeza duas vezes ao dia (sempre com um sabonete ou gel de limpeza específico) e também alguns tratamentos mais profundos. Limpeza de pele e peeling podem ser bons caminhos! 

Faça chuva ou faça sol, você precisa de proteção solar

Sim, a pele negra pode apresentar uma maior resistência ao sol, mas isso não significa que ela não precisa de proteção, viu? Pelo contrário! Apesar dessa alta quantidade de melanina, você ainda precisa usar protetor solar todos os dias, uma vez que só esses níveis são capazes de protegê-la. 

Manchas podem ser tratadas (e evitadas)

Os cuidados preventivos para manchas já são uma realidade e muitos deles são feitos apenas com o uso de dermocosméticos (oi, protetor solar!). No entanto, existem aquelas manchas já instaladas em nossa pele, né? Nesses casos, alguns tratamentos podem ser necessários — e muitos são específicos para a pele negra. Entre os mais feitos, o uso de LEDs se destaca por promover homogeneidade da coloração, hidratação e melhora na produção de melanina. Mas lembre-se de consultar um profissional qualificado, ok?! 

Fonte: Aline Caniçais, fisioterapeuta e dermatofuncional da HTM Eletrônica.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade