Implante dói? Especialista tira dúvidas sobre o tema

31 out 2019
10h00

Nesta semana convidamos a Dra Fernanda Grunkraut Bornsztein para mais uma vez nos aprofundarmos sobre implantes e atender pedidos da última entrevista. Acompanhe:


Ao voltar falar de implantes, quero perguntar uma coisa básica, mas que recebemos muito após o primeiro papo. Implante dói?

Esse é um temor que muitos pacientes relatam, mas a cirurgia do implante felizmente é muito tranquila, já que os recursos anestésicos que temos hoje em dia são muito bons. O que pode ocorrer é um desconforto no pós operatório, mas o mesmo é contornado com uso de medicamentos que sanam esse desconforto.

O que pode impedir uma pessoa de fazer um implante dentário?

Alguns fatores que podem impedir a realização do implante dentário são condições físicas e de saúde, como por exemplo pacientes diabéticos que estejam descompensados ou sem medicação adequada, pessoas que estão em tratamento quimioterápico. 
Algumas medicações que possuem alendronatos ou bifosfonatos em sua fórmula são contra-indicadas pois possuem o risco de acarretar necrose óssea. 
E ainda a perda óssea na área onde será colocado o implante. 
A maioria desses fatores pode ser contornada com adequada orientação do cirurgião-dentista.

E quem tem implante pode usar aparelho ortodôntico?

O implante não impede o uso do aparelho ortodôntico, o único fator em relação ao implante que interfere no tratamento da ortodontia é que o implante é “fixo” no osso, ou seja, o ortodontista necessita trabalhar com essa limitação, pois os dentes terão que se movimentar dentro do limite que esse implante lhe dará. 

Foto: Livre

É verdade que alguns alimentos nunca mais podem ser consumidos por quem tem implante? Se sim, quais são?

Para essa resposta primeiro preciso explicar a diferença entre dente e implante na arcada. 
O dente possui ligamento periodontal, que funciona como se fosse um “amortecedor” entre a raiz do dente e o osso. Ele também tem inervação, ou seja, se um paciente comer algo muito duro, o organismo capta essa informação e automaticamente o paciente abre a boca ou diminui a força da mastigação. 
O mesmo não ocorre no implante já que o implante é ósseo-integrado ao osso, ou seja, não há nenhum “amortecedor” entre o osso e o implante. Por este motivo não aconselhamos aos pacientes morder alimentos muito duros, pelo risco de quebra da prótese sobre implante ou até do próprio implante, pois o paciente não tem noção da força mastigatória que está exercendo.


E a relação com o fio dental após o implante? Pode abandonar?

O fio dental continua sendo um aliado mesmo para quem tem implante. O que devemos entender é que implante tem sim que ser higienizado, e muito bem. Em alguns casos onde as próteses sobre os implantes são unidas e o paciente não consegue passar o fio conseguimos lançar mão de outros meios de limpeza como a escova interdental, o passa fio e os irrigadores orais.

________________________________________________________________________________________________________________

Dra Fernanda Grunkraut Bornsztein

CRO-SP 92013

Av Brig. Faria Lima 1713 cj 72, Pinheiros

Fone:3031-6529

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade