Especialista explica a importância de cuidar da gengiva

21 ago 2019
10h00
atualizado às 10h11

O dente sempre está em foco quando falamos de saúde bucal, mas precisamos falar mais sobre a nossa gengiva. Para isso conversamos com a Dra. Brigitte Kammerer sobre o tema. Acompanhe nosso papo:

Quando uma inflamação na gengiva começa a causar movimentações dentárias sem controle o alinhamento dental pode ficar comprometido e claro, problemas ortodônticos devem aparecer
Quando uma inflamação na gengiva começa a causar movimentações dentárias sem controle o alinhamento dental pode ficar comprometido e claro, problemas ortodônticos devem aparecer
Foto: botazsolti / Shutterstock

Por que preciso cuidar da gengiva?

A gengiva traz sinais sobre a nossa saúde bucal. Gengiva avermelhada, inchada, que sangra com escovação ou com fio dental, nos indica que existe um problema que merece atenção. A doença periodontal, mais conhecida como doença da gengiva, tem alta prevalência na população brasileira. Os estudos mostram que quase 100% da população apresenta a gengiva inflamada (gengivite), enquanto que aproximadamente 79% da população, com mais de 30 anos, apresenta perda óssea ao redor dos dentes.

Qual é a função da gengiva?

A gengiva é um tecido de proteção, que recobre os nossos ossos maxilares e está em íntimo contato com os dentes. Ao redor da raiz dos dentes, também existe o osso. Um ligamento, une o dente ao osso, chamado de ligamento periodontal (peri = ao redor, dontal = do dente). Juntas, essas estruturas, mantém os nossos dentes firmes e no lugar. Se o periodonto está doente, os dentes podem ficar sensíveis, amolecer e até se soltar do osso, causando perda dentária.

Posso perder o dente por um problmea na gengiva?

A doença periodontal (gengivite e periodontite) é uma doença inflamatória de origem infecciosa que afeta os tecidos de sustentação dos dentes. A má higiene bucal, pode levar a um aumento na quantidade de bactérias na superfície de dentes e gengivas (placa bacteriana), e esse é o fator determinante para o desenvolvimento da doença. A sua progressão causa perda do periodonto de maneira irreversível e, em estágios mais avançados, perda do dente. Além disso, hoje sabemos que existe forte relação da doença periodontal com fumo e com condições sistêmicas, como diabetes, problemas cardiovasculares e parto prematuro.

Como prevenir e tratar esses problemas?

A prevenção da doença da gengiva ocorre no nosso hábito diário de higienização bucal e nas visitas regulares ao dentista, que pode detectar sinais mais específicos. Usar o fio dental diariamente e utilizar a técnica correta de escovação, é imprescindível para a prevenção e tratamento. Quando a doença já está instalada, um especialista poderá fazer o diagnóstico correto e estabelecer um plano de tratamento.

_______________________________________________________________________________________________________________

“Sinto que é um verdadeiro privilégio cuidar das pessoas, tornando possível que elas sorriram com prazer. O conhecimento científico e a tecnologia embasam os tratamentos que realizo, sempre respeitando a individualidade de cada um. Assim, consigo chegar no meu principal objetivo: a grande satisfação do paciente”.

Brigitte Kammerer é especialista em Periodontia e técnica em Prótese Dentária. Possui cursos de pós-graduação em Estética, Implantes Dentários, Prótese e Harmonização do Sorriso.

 

 

 

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade