Entidades questionam a eficácia do fio dental

20 nov 2017
08h00

Aprendemos da infância que, para ter uma higiene bucal completa, é preciso escovar os dentes ao menos três vezes por dia, limpar a língua e usar fio dental. Esta é uma rotina que seguimos sem questionamento. Mas, você já se perguntou se ela é correta?

Foto: Thinkstock

Desde o ano passado, entidades ao redor do mundo lançaram uma dúvida sobre o real uso do fio dental. O debate começou no ano passado, quando o governo americano publicou o DietaryGuidelines 2016 (guia de bons hábitos desenvolvido pelo Ministério da Agricultura junto com o Ministério da Saúde dos Estados Unidos a cada cinco anos), retirou sem aviso prévio a recomendação de usar o fio dental.

Para uma reportagem publicada a seguir pela Agência AssociatedPress, o governo reconheceu que a eficácia do uso de fio dental nunca foi investigada conforme necessário.

Mas a declaração foi logo contestada por dentistas ao redor do mundo. De acordo com a Dra. Luciana Scaff Vianna, Secretária da Câmara Técnica de Periodontia do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), o uso de fio dental é inquestionável porque é uma ferramenta que, como a escova dental, remove a placa depositada entre os dentes. A diferença é que ele alcança os locais onde a escova não chega.

"O guia de Nutrição dos EUA suprimiu a parte que tratava disso apenas por não ter responsabilidade pela parte odontológica e não ter informações atualizadas. Por terem suprimido a informação sobre o uso do fio dental, criou-se uma polêmica a respeito e uma profissional questionou o uso baseado nesse guia, sugerindo o uso de colutórios (que não chegam no sulco gengival) ou escovas interdentais (que não entram em espaços interdentais normais)", explica a especialista.

Além disso, segundo a Dra. Luciana, é possível que fabricantes de escovas interdentais e ou de colutórios tenham se aproveitado da polêmica dizendo que não havia trabalhos que justificassem o uso de fio dental para aumentar a venda de seus produtos.

Independentemente da controvérsia ou das recomendações governamentais, a higiene interdental é necessária como um complemento à escovação regular e o uso do fio dental, quando empregado corretamente, traz numerosos benefícios para a saúde bucal. Numerosos estudos científicos já provaram isso. Se você tiver dúvidas sobre a melhor maneira de usar fio dental, fale com o seu dentista.

“A posição de órgãos de classe no Brasil, como CRO, ABO, CFO, APCD são favoráveis ao uso de fio de forma indiscutível”, resume a especialista. 

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.

compartilhe

publicidade
publicidade