PUBLICIDADE

Uso de piercing no dente pode afetar a saúde bucal, diz especialista

Cirurgião dentista alerta para perigo de desenvolvimento de cáries e de problemas gengivais se não houver higienização correta

8 abr 2024 - 06h10
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Os 'tooth gems' são piercings nos dentes que tornam o sorriso mais charmoso e moderno. O processo é indolor e o dentista precisa ter qualificação para aplicá-los evitando danos a estrutura dentária.
Foto: Reprodução

Alicia Keys, Beyoncé, Rihanna. O que estas celebridades têm em comum? Todas já aderiram, em algum momento, à moda dos “tooth gems” ou “grillzs”, como também são conhecidos os piercings nos dentes. 

Os piercings dentais podem ser colocados nos dentes de cima ou de baixo mais comumente nas áreas frontais. O acessório, que era uma verdadeira febre no início dos anos 2000, retorna agora com força total, trazendo um toque de charme e modernidade na hora de sorrir.

“Esses piercings normalmente não são prejudiciais para os dentes, já que se tratam de pequenas jóias que são coladas no dente com resina ou adesivo odontológico, sem a necessidade de desgaste da estrutura dentária”, explica o Fábio Azevedo, especialista em Implantodontia e Consultor do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da S.I.N. Implant System. 

“O importante é que a aplicação seja feita por um dentista qualificado, para que não haja riscos de danos ao esmalte dentário ou irritações nas gengivas”, conclui.

Processo é indolor

Vale destacar que como o piercing é apenas colado na superfície do dente, o processo não é doloroso ou mesmo incômodo para o paciente, não sendo necessário anestesia.  

Com relação ao material do piercing, este também deve ser observado, sendo que o tipo mais comum é a bolinha de “strass” branco brilhante, mas os piercings  também podem ser de ouro, aço cirúrgico, titânio, entre outros.

“O ideal é que sejam materiais inertes e que à prova de reações inflamatórias ou hipersensibilidade”, diz Fábio. “As ligas metálicas, que podem liberar partículas  tóxicas como níquel ou cobre no meio bucal também devem ser evitadas.”

Higiene bucal no sucesso do piercing

A principal recomendação para quem deseja colocar um piercing no dente é redobrar os cuidados com a higiene oral. 

“Caso o paciente não tenha uma boa higiene bucal, a superfície ao redor do piercing pode servir de substrato e favorecer o acúmulo de placa bacteriana, o que pode levar ao desenvolvimento de cáries ou problemas gengivais”, alerta Fábio Azevedo.

“Os cuidados são os mesmos que devemos ter diariamente, com ou sem piercing, e incluem escovações ao menos três vezes ao dia após as refeições, uso regular de fio dental em todas as escovações e visitas anuais ao dentista”, recomenda o especialista.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade