Você sabia que o ânimo também afeta a saúde bucal?

24 jul 2017
11h39
atualizado às 11h39

Qual a relação entre a saúde da mente e a dos dentes? Pode parecer estranho, mas na realidade existe uma relação direta entre ambas.  Como ocorre em outras partes do corpo, os problemas psicológicos pode acabar reforçando os físicos e vice-versa.

Foto: Shutterstock

A depressão é um estado psiquiátrico que afeta as emoções, as tarefas diárias e o estilo de vida. As pessoas que sofrem esta doença se sentem cansadas, infelizes e com uma insatisfação pessoal contínua. Mas os problemas causados por essa doença não param por aí. A depressão pode provocar ainda o ressecamento da boca, alteração dos sabores e outros problemas orais derivados, principalmente, da falta de cuidado com a higiene bucal.

Como as pessoas que sofrem de depressão desviam a sua atenção para o problema psicológico, é comum que elas passem a negligenciar outros cuidados pessoais, como é o caso da higiene oral. Consequentemente, muitas complicações podem surgir, como cáries, periodontite, entre outros.

Além disso, a ingestão constate de medicamentos, o que pode ser necessário para combater a depressão, também tem o potencial de afetar significativamente os dentes, já que  pode reduzir a produção de saliva e a longo prazo causar gengivite.

Especialistas recomendam aos que estejam sofrendo de depressão e/ou tomando medicamentos para combater a doença que consultem um dentista para fazer uma revisão e tomar algumas medidas preventivas.

FF

compartilhe

publicidade
publicidade