Saiba por que Kate Middleton redobrará cuidados com sorriso

10 out 2017
08h00

A duquesa de Cambridge anunciou, há algumas semanas, que está grávida do seu terceiro filho com príncipe William. De acordo com o comunicado oficial do Palácio de Kensignton, a rainha estaria "encantada" com a chegada de outro bisneto, um irmãozinho ou uma irmã do príncipe George e da princesa Charlotte.

Foto: Gettyimages

Entretanto, apesar da felicidade pela nova gestação, a notícia trouxe preocupação para a Família Real e para os admiradores da duquesa. Isso porque, além de sofrer com a hiperêmese gravídica, condição que provoca o excesso de vômito na gravidez, Kate Middleton também terá que redobrar os cuidados com a higiene oral nos próximos meses para não perder o brilho de seu sorriso.

"Devido ao aumento dos níveis hormonais do corpo durante a gestação, muitas mulheres desenvolvem gengivite gravídica (inflamação da gengiva comum na gravidez), que geralmente ocorre entre o segundo e o oitavo mês e podem ocasionar sangramento da gengiva espontaneamente e durante a escovação. Além disso, muitas sofrem de refluxo, e neste processo, o ácido que “volta” do estômago para a boca pode prejudicar os dentes”, explica a Dra. Sandra Kalil, membro do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) no Brasil.

Por isso, durante a gestação, os dentes e as gengivas precisam de cuidados especiais, como uma higiene bucal reforçada, o uso diário de fio dental e a realização de revisões periódicas com um profissional.


“Além disso, é preciso manter uma alimentação balanceada. Uma dieta de má qualidade associada à diminuição da frequência de escovação dental é um fator de risco para o desenvolvimento da cárie. Durante a gestação, é importante continuar usando produtos fluoretados, como creme dental com flúor", resume a especialista.

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.

compartilhe

publicidade
publicidade