PUBLICIDADE
Logo do

Novidades

Marido diz: você tem mau hálito. A causa? Dentes tortos!

Empresária descobriu que seus dentes tortos a estavam impedindo de fazer uma boa higienização bucal, causando tártaro, problemas gengivais e halitose

Publicidade

A empresária Priscila Dantas, de 31 anos, sempre fez questão de ter uma boa higiene bucal. No entanto, depois de adulta, começou a sentir um gosto ruim na boca e a sensação de que podia estar com mau hálito. “Quando perguntei para o meu marido e ele confirmou, não me conformei. Escovava os dentes sempre, não merecia ter esse problema”. 

Como os dentes tortos dificultam para passar o fio dental, a placa se acumula e se transforma em tártaro, que sangra a gengiva e dá mau hálito
Como os dentes tortos dificultam para passar o fio dental, a placa se acumula e se transforma em tártaro, que sangra a gengiva e dá mau hálito
Foto: Anton Zabielskyi / Shutterstock

Preocupada, Priscila pesquisou sobre o tema e descobriu, antes mesmo de procurar um especialista, o que estava fazendo de errado. “Eu me alimentava de forma saudável, sem longos jejuns e bebia muita água. Mas, apesar de escovar bem os dentes sempre depois das refeições, eu não tinha o costume de usar o fio dental porque o posicionamento dos meus dentes dificultava a tarefa”, diza empresária. 

Ela usou aparelho fixo durante sua adolescência inteira, mas de uns tempos para cá os dentes debaixo estavam voltando a entortar, ficando sobrepostos. “O que eu não tinha reparado é que, por eu não usar muito o fio dental, estava sendo formada uma placa amarelada nos meus dentes,que não saia mais durante a escovação”, diz a empresária. 

“A placa bacteriana, quando não removida corretamente, se calcifica e se transforma em tártaro. O tártaro, por sua vez, agride (pressiona) a gengiva a deixando sensível, flácida e inflamada. Assim, ela acaba sangrando mais facilmente e exala um odor não muito agradável que vem da junção do tártaro (acúmulo de resíduos) com o sangramento constante da gengiva”, diz Alexandre Bussab, cirurgião-dentista. 

Solução só no dentista
E, uma vez que a placa bacteriana se calcifica, sua remoção só é possível com uma limpeza profunda no consultório do dentista. “Toda vez que eu escovava os dentes ou forçava para passar o fio dental, minha gengiva sangrava muito.Ao perceber que não conseguia mais remover esse tártaro, procurei um dentista”, diz Priscila. 

Segundo a empresária, ela teve que tomar pequenas anestesias locais e fazer uma raspagem de tártaro em todos os seus dentes. Com esse tratamento, ela se livrou do tártaro, do mau hálito e de um possível agravamento de sua, já existente, inflamação gengival. “Meu dentista disse que minha gengiva já estava tão inflamada, que mais um pouco eu poderia ter sérios problemas nas estruturas do meu dente”, diz.

Aparelho ortodôntico seria o ideal
Segundo Bussab, a calcificação da placa bacteriana pode ser facilitada por vários fatores. “Respiração bucal e diminuição do fluxo salivar são alguns deles. Mas a maioria dos casos acontece por causa da falta de uma higienização correta. E se os dentes do paciente se encontram em posição errada,dificultando essa limpeza, o mais indicado é que seja feita uma correção ortodôntica”, diz o especialista. 

Mas, enquanto isso não acontece, Priscila precisa intensificar sua higienização bucal. “Agora sei que, por causa do posicionamento errado dos meus dentes, tenho que ficar mais atenta e criteriosa com a limpeza deles. Hoje uso o fio dental com muito mais freqüência, pois não posso deixar o problema voltar. O certo seria eu corrigir meus dentes tortos com aparelho, mas ainda estou guardando dinheiro e tomando coragem para voltar a usá-los”, diz Priscila. 

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
Publicidade