Dor por causa do aparelho? Veja menu delicioso e molinho

Especialista garante que dieta não deve mudar com o aparelho e que passar vontade é coisa do passado

30 jul 2015
08h00

Não tem nada mais desagradável do que aquela dor nos dentes quando se acaba de colocar um aparelho fixo ou após voltar de uma consulta de manutenção. Pior ainda é na hora das refeições, quando pouco se consegue comer nos primeiros dias. Para provar que é possível se alimentar bem e não passar vontade durante esse período, dois especialistas no assunto, um ortodontista e uma nutricionista, dão dicas sobre o assunto.

As pessoas esquecem que grande parte dos alimentos pode virar pastosos, a dica é cozinhá-los bastante, e neste momento a panela de pressão vai ajudar muito
As pessoas esquecem que grande parte dos alimentos pode virar pastosos, a dica é cozinhá-los bastante, e neste momento a panela de pressão vai ajudar muito
Foto: Yulia Davidovich / Shutterstock

Para início de conversa é preciso ressaltar que, hoje em dia, não é mais tão comum sentir longas e fortes dores no dente por causa do aparelho. “Hoje os fios utilizados são de ligas super elásticas transmitindo aos dentes forças leves e contínuas o que evita dores prolongadas. Mas caso elas aconteçam, analgésicos podem aliviar esses sintomas”, diz Daniel Villela Gorga, ortodontista da clínica Gorga e professor do Curso de Odontologia Hospitalar da USP (Universidade de São Paulo).

Para beber no café da manhã, opte por iogurtes, café com leite ou chocolate, chás, frutas em formas de suco ou vitaminas
Para beber no café da manhã, opte por iogurtes, café com leite ou chocolate, chás, frutas em formas de suco ou vitaminas
Foto: MSPhotographic / Shutterstock


Pastosos sim, duros não!
Por causa dessas possíveis dores, comer comida líquida e pastosa nos primeiros dias é válido. “A ingestão desse tipo de alimento sobrecarrega menos os tecidos de suporte dos dentes que estão sensíveis pelo início da movimentação ortodôntica. Assim, eles propiciam um maior conforto para o paciente durante essa fase e fazem com que ele se acostume a mastigar com o aparelho, evitando futuras solturas de braquetes por alimentos mais consistentes”, diz Daniel. 

No entanto, essa dieta só precisa ser feita nas primeiras duas semanas, mas Daniel alerta. “Devem ser evitados alimentos muito duros ou crocantes durante todo o tratamento ortodôntico para não soltar os braquetes toda hora, o que pode atrapalhar a evolução do processo”, diz o especialista. 

Frutas amassadas com aveia e mel e queijos mais moles também são boas opções para a manhã
Frutas amassadas com aveia e mel e queijos mais moles também são boas opções para a manhã
Foto: Africa Studio / Shutterstock

Panela de pressão, sua mais nova amiga
Lendo essa matéria você deve estar pensando, poxa, mas então nessas duas semanas eu não poderei comer quase nada. Engano seu. “As pessoas esquecem que grande parte dos alimentos pode virar pastosos. A dica é cozinhá-los bastante, e neste momento a panela de pressão vai ajudar muito”, diz a nutricionista da clínica Gorga, Andrea Matarazzo.

E isso serve, inclusive, para as carnes, ricas em proteínas. “As carnes também podem ser bem cozidas e desfiadas. Outra opção é fazer um caldo de carne, frango ou peixe em casa e utilizar como a base de cozimento dos outros alimentos, ou até para fazer caldos e sopas”, diz Andrea. 

Ainda segundo ela, a cardápio não deve mudar com a colocação do aparelho. “O importante é manter a mesma rotina alimentar de sempre, apenas adaptando a textura dos alimentos”, diz Andrea. 

Carnes, frangos ou peixes bem cozidos e desfiados na panela de pressão são boas opções acompanhados de purês e legumes bem cozidos
Carnes, frangos ou peixes bem cozidos e desfiados na panela de pressão são boas opções acompanhados de purês e legumes bem cozidos
Foto: Brent Hofacker / Shutterstock

Dicas de cardápio
De qualquer forma, é possível escolher um cardápio saboroso e nutritivo usando aparelho. Veja como:

No café da manhã – Iogurtes, café com leite ou chocolate, chás, frutas em formas de suco, vitaminas ou amassadas com aveia e mel e queijos mais moles. 

Para o jantar, sopas e caldos caem bem e não causam nenhum dano para as estruturas do aparelho nem dores de dente
Para o jantar, sopas e caldos caem bem e não causam nenhum dano para as estruturas do aparelho nem dores de dente
Foto: Jack.Q / Shutterstock

No almoço – Carnes, frangos ou peixes bem cozidos e desfiados na panela de pressão. Purês de diferentes sabores como batata e mandioquinha também vão muito bem nessa hora. Nunca se esquecendo dos legumes, que bem cozidos e temperados podem ser uma ótima opção de complemento. Para a sobremesa, sorvetes, creme de papaia e pudins. 

No jantar – Sopas e caldos caem bem e não causam nenhum dano para as estruturas do aparelho nem dores de dente. Escolha seu sabor preferido e não passe vontade!

 

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade