Cinco truques para tirar a chupeta dos bebês sem traumas

6 jul 2017
08h00
atualizado em 19/7/2017 às 18h25

Toda criança que usa chupeta para ficar mais tranquila precisa de um tempo para se despedir por completo desta companheira. Abandonar a chupeta é um momento importante para todos, mas como conseguir passar por este momento sem muito sofrimento?

Foto: Shutterstock.com

Este deve ser um processo gradual. Recomenda-se que os pais conversem com o filho sobre esta etapa, que deve ocorrer antes dos dois anos de idade, sem obrigar a criança a se separar repentinamente dela.

Os pais podem ajudar a criança estabelecendo um “plano de adeus à chupeta”. Aqui lhes passamos alguns conselhos:

- Tenta dar a chupeta para a criança somente durante a noite. As crianças que a usam somente para dormir conseguem deixa-lá de lado com mais facilidade

- Para as crianças mais velhas que não conseguiram deixar a chupeta, os pais podem pedir para o pediatra explicar a eles por que devem largar este hábito, que pode trazer consequências negativas para o desenvolvimento dos dentes

- É preciso dar um bom motivo para o bebê deixar a chupeta. Por exemplo: “vamos dar a sua chupeta ao Papai Noel”, “vamos doar a uma criança que precisa”.

- É recomendado também manter as mãos das crianças ocupadas, pois elas podem recorrer à chupeta quando estão entediadas.

J.S. Conteúdo

compartilhe

publicidade
publicidade