0

Enfermeira foi a primeira a receber CoronaVac após aprovação

Dose foi aplicada no Hospital das Clínicas após aprovação do uso emergencial pela Anvisa

17 jan 2021
14h14
atualizado às 15h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma enfermeira negra do hospital Emílio Ribas, que está há oito meses na linha de frente do combate ao coronavírus, foi a primeira brasileira a receber neste domingo uma dose da vacina CoronaCac, logo após Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar o uso emergencial da vacina contra covid-19.

Trata-se da enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera, com perfil de alto risco para complicações da covid-19. Ela é obesa, hipertensa e diabética.

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, que trabalha no Emílio Ribas, vai receber a primeira dose de Coronavac
A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, que trabalha no Emílio Ribas, vai receber a primeira dose de Coronavac
Foto: Reprodução / Facebook / Estadão Conteúdo

Apesar de se enquadrar nessas condições, em maio do ano passado, no auge da primeira onda da doença, ela se inscreveu para vagas de CTD (Contrato por Tempo Determinado), escolhendo trabalhar no Emílio Ribas, no epicentro do combate à pandemia.

Veja também:

Passo a passo para manter a saúde bucal em dia
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade