PUBLICIDADE

Influenciadora disse que teve AVC após aplicar botox; isso é possível?

Musa fitness revelou ter feito o procedimento em Dubai, nos Emirados Árabes; veja os riscos

30 mai 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
A influenciadora digital Jous Fit teve um AVC após aplicar botox numa clínica Dubai, nos Emirados Árabes. Ela contou ter tido convulsões, desmaio, perda da consciência e outros sintomas leves. A causa deste AVC seria uma reação alérgica à toxina botulínica, entretanto, medicalmente não é comprovada essa correlação.
Imagem meramente ilustrativa de aplicação de toxina botulínica
Imagem meramente ilustrativa de aplicação de toxina botulínica
Foto: vitapix/iStock

A influenciadora digital Jous Fit relatou ter tido um AVC (acidente vascular cerebral) após aplicar botox numa clínica em Dubai, nos Emirados Árabes. “Tive muitas convulsões, desmaiei, perdi a consciência. Eu não respirava, meus olhos estavam brancos, minhas unhas estavam pretas, minha boca estava preta, eu estava transparente”, contou a musa fitness.

Jous, que possui quase 3 milhões de seguidores em seu Instagram, é uma influenciadora fitness. Aliás, na opinião da própria influencer, foi graças ao seu estilo de vida que sobreviveu ao episódio.  

Segundo a influencer, ela sofreu derrame em decorrência de uma reação alérgica à toxina botulínica. De acordo com o médico dermatologista Lucas Miranda, a toxina botulínica, quando aplicada corretamente, é geralmente segura e eficaz. "A mistura inadequada com substâncias não autorizadas pode levar a reações adversas severas", comenta.

Contudo, o médico ressalta que a ocorrência de um AVC diretamente relacionado à aplicação de botox é extremamente rara e não há evidências robustas na literatura médica que estabeleçam essa correlação direta.

Jous tem 28 anos. Na opinião do biomédico mineiro e mestre em Medicina Estética Thiago Martins, a aplicação de toxina botulínica para fins estéticos geralmente é recomendada para pacientes com idade superior a 18 anos. "A decisão de iniciar o tratamento deve ser baseada em uma avaliação individualizada das necessidades e expectativas do paciente". 

"Isso foi estúpido, essa coisa de colocar botox", disse Jous depois dos efeitos colaterais
"Isso foi estúpido, essa coisa de colocar botox", disse Jous depois dos efeitos colaterais
Foto: Reprodução Redes Sociais / Instagram / @jousfit

O neurocirurgião e perito médico mineiro Helton Martins elenca quais são os fatores que podem levar a um AVC são:

  • Excesso de dosagem: a aplicação de botox em doses superiores ao recomendado pode resultar em insuficiência respiratória e hipoxemia, que podem contribuir para um AVC.
  • Disseminação do botox: se o botox se espalhar além do local de injeção, pode afetar músculos críticos para a respiração.
  • Reação alérgica: uma reação anafilática, embora rara, pode ocorrer se o botox for contaminado ou misturado com outra substância.

Vale lembrar que sintomas como falta de ar, olhos esbranquiçados, unhas pretas, boca preta, pele pálida, convulsões e desmaios não são sintomas típicos de um AVC, mas podem indicar insuficiência respiratória grave e hipoxemia. 

De volta à rotina, Jous afirma ter se arrependido do ato (ela não comentou o local onde o procedimento foi realizado). "Isso foi estúpido, essa coisa de colocar botox. Mas quando é que ia me ocorrer que isso ia acontecer comigo?". Ela adicionou:  "Cuide da alimentação, cuide do corpo, cuide-se".

9 perguntas para se fazer antes de um procedimento estético 9 perguntas para se fazer antes de um procedimento estético

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade