PUBLICIDADE

Importação de produtos à base de cannabis cresce 93% no Brasil

Esses produtos geralmente são consumidos por quem preza pela qualidade de vida

17 out 2023 - 10h02
(atualizado às 22h24)
Compartilhar
Exibir comentários

De forma geral, cannabis é conhecida como a "planta da maconha" e o seu uso costuma ser para fins medicinais. Trata-se de mais um produto que ganhou popularidade. Ou seja, os dados da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) apontam que a importação de produtos à base de cannabis cresceu em 93% no Brasil.

Importação de produtos à base de cannabis - Shutterstock
Importação de produtos à base de cannabis - Shutterstock
Foto: Sport Life

Saiba o motivo do aumento da importação de produtos à base de cannabis

Em 2015, quando a Anvisa liberou as primeiras importações ocorreram 850 pedidos de pacientes. O que fez o número "pular" para 58.292 solicitações atendidas entre junho de 2021 a junho de 2022.

O ritmo continuou "acelerado", isto é, houve de julho de 2022 a julho de 2023 112.731 autorizações expedidas para que os brasileiros pudessem importar produtos à base da cannabis medicinal.

Esses números da Anvisa denotam o crescimento das importações. Indicativo importante de que cada vez mais brasileiros estão recorrendo aos tratamentos com a cannabis medicinal para ter alívio de sintomas de diversas doenças.

A Anvisa emite desde 2015 autorizações aos pacientes para a compra desses produtos fabricados no exterior. Já a venda dos medicamentos acontece desde 2020 pelas farmácias brasileiras.

"Esses números confirmam como o uso da planta tem ajudado milhares de pessoas a ter uma mudança de vida. Com melhora significativa na saúde e proporcionada pelos tratamentos com a cannabis medicinal. Nós da Clínica Gravital observamos isso no dia a dia e nas consultas dos nossos médicos com pacientes de todo Brasil. É um mercado que cresce rápido e que precisa de um empenho das autoridades para que produtos que cheguem ao Brasil tenham padrões mínimos de qualidade e segurança. O mercado já atingiu um estágio em que a concorrência permite ao regulador subir a régua", destaca Joaquim Castro, fundador da Gravital.

Histórico e utilidades de produtos à base de cannabis

Os medicamentos à base de cannabis aparecem na forma de óleo, cápsula, extratos e pomadas. Além disso, o uso da flor da cannabis foi proibido pela Anvisa no dia 19 de julho de 2023. O uso terapêutico da cannabis medicinal ocorre para várias condições, como insônia, ansiedade, Parkinson, Alzheimer, dor crônica e epilepsia.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade