PUBLICIDADE

O que é Anomalia de Ebstein? Entenda a condição da filha de Juliano Cazarré

Ator publicou texto em seu Instagram para anunciar o nascimento de Maria Guilhermina e revelar cardiopatia chamada Anomalia de Ebstein

6 jul 2022 - 08h01
Ver comentários
Saiba o que é a Anomalia de Ebstein
Saiba o que é a Anomalia de Ebstein
Foto: Reprodução Instagram @cazarre / Saúde em Dia

Recentemente, o ator Juliano Cazzaré, que interpreta o personagem Alcides, na novela Pantanal, da TV Globo, usou seu perfil no Instagram para anunciar o nascimento da sua filha Maria Guilhermina. O ator - em texto que também contou com a assinatura de Letícia, mãe da criança - ainda revelou que a recém-nascida precisou passar por uma cirurgia após o parto, por causa de uma cardiopatia rara, chamada Anomalia de Ebstein.

"Queremos, antes de mais nada, agradecer o apoio constante, o carinho e as orações, que têm sido fundamentais para nos manter serenos e firmes neste momento. Nossos corações estão cheios de alegria e confiança! Maria Guilhermina é a coisa mais linda!", diz um trecho do texto assinado pelos pais da criança.

View this post on Instagram

A post shared by Juliano Cazarré (@cazarre)

Entenda a Anomalia de Ebstein

A Anomalia de Ebstein é, na verdade, um problema de má formação de uma válvula do coração. Ela é uma condição grave, mas que costuma ser rara. A estimativa é de que de um a cada 10 mil bebês - independentemente do sexo - apresentem o problema.

"É um defeito cardíaco congênito pouco comum, em que parte da válvula tricúspide é mal formada", explica a Dra. Beatriz Furlanetto, cirurgiã cardiológica do Hospital Infantil Sabará, em São Paulo. Esse problema, segundo a médica, permite que o sangue volte para o átrio e provoque uma espécie de congestionamento. Fator que pode causar as seguintes alterações:

  • Insuficiência cardíaca congestiva;
  • Retorno do fluxo sanguíneo;
  • Acúmulo de líquido nos pulmões;
  • Fluxo insuficiente de sangue vermelho para o corpo.

A Anomalia de Ebstein é uma condição que pode ser detectada durante o pré-natal, como foi o caso de Maria Guilhermina, filha de Juliano Cazarré. O tratamento, em casos mais simples, pode ser realizado com medicamentos específicos. Enquanto as manifestações mais graves da condição exigem intervenção cirurgica para corrigir a má formação existente no coração.

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade