PUBLICIDADE

Mulher perde 27 kg com junk food: "único legume é batata"

Claudia Sabbagk aderiu a uma dieta que conta as calorias dos alimentos sem avaliar a qualidade nutricional; o método foi criticado por Michelle Franzoni, conhecida por perder mais de 30 kg e compartilhar dicas no seu blog

26 jun 2014 17h10
| atualizado em 29/6/2014 às 10h27
ver comentários
Publicidade
Claudia perdeu 27 kg, mas ainda não adotou uma dieta saudável
Claudia perdeu 27 kg, mas ainda não adotou uma dieta saudável
Foto: Divulgação

A professora Claudia Sabbagk contou em entrevista ao Terra TV que perdeu pouco mais de 27 kg em 11 meses comendo junk food. Ela continua na dieta, nada restritiva em relação ao que pode ou não ingerir. “Eu não como salada, legumes, nenhuma fruta e nada que nade, só carne”, contou. Claudia não suporta nem o cheiro de algumas comidas e, por isso, passou anos sem ir a um endocrinologista, já que ele a mandaria cortar do cardápio os alimentos muito calóricos. Quando a situação ficou grave, ela decidiu procurar ajuda e passou a seguir uma dieta que conta as calorias: “ele me deu 1.500 por dia”, disse.

Blogueira perde 33 quilos e revela truques da dieta:

Claudia ganhou 40 kg em alguns anos e disse que estava sentindo dores fortes nos joelhos e dificuldade para se locomover quando tomou a decisão de emagrecer. “Adoro junk food, o único legume que eu como é batata. Se eu tivesse que comer espinafre, não comeria nada. Prefiro comer um pedaço de hambúrguer com batata frita do que colocar um espinafre na minha frente e não comer nada”, afirmou.  Ela contou que comeu e come chocolate todos os dias que sente vontade e toma refrigerante no café da manhã, apenas faz a contagem para não ultrapassar o limite de 1.500.

Conhecida por ter perdido mais de 30 kg com hábitos saudáveis e por compartilhar dicas e informações de dietas em seu blog, Michelle Franzoni discordou do método adotado por Claudia para o emagrecimento. Também convidada para o programa, ela defendeu: “temos duas dietas que contam pontos, a que pensa na qualidade nutricional dos alimentos e a que não pensa, que é mais complicada. É importante fazer uma dieta com alimentos mais saudáveis”, afirmou a blogueira. Popular na internet como Mimis, ela lembrou das fibras, vitaminas, carboidratos e minerais necessários à saúde.

A blogueira ainda ressaltou que substituir uma refeição por um pedaço de chocolate não vai segurar a fome. “Quem faz exercício precisa de energia”, disse. Para Mimis. “não existe essa coisa de não gostar de nada saudável” e é preciso experimentar alimentos, pelo menos três vezes, para que o paladar se acostume com o sabor. “Eu só comia porcaria antes”, confessou. A dica da blogueira é não deixar de comer legumes e verduras, mesmo que seja junto a pratos gordurosos. Cozinhar a abóbora junto com uma carne e frango xadrez com vários legumes ajudam a disfarçar o gosto dos alimentos inseridos no cardápio, segundo ela.

As duas discordaram em diversos pontos, como a frequência das refeições: Mimis indica a cada três horas e Claudia faz apenas três por dia. No entanto, concordaram que uma dieta, para fazer efeito, não pode ser seguida apenas de segunda à sexta-feira. Colocar metas pequenas ao longo do período é mais indicado do que focar direto no resultado final que se deseja, aconselharam. “Um passo de cada vez”, disse Claudia. 

Obesidade e atividade física Obesidade e atividade física
Aprenda mais sobre obesidade, alimentação saudável e a importância da atividade física. Curso certificado pelo MEC, matricule-se agora

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade