PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Adicionar sal à comida pronta aumenta em 40% o risco de câncer de estômago

Estudo com participantes do Reino Unido contou com questionários e análise da urina

12 mai 2024 - 09h00
(atualizado em 14/5/2024 às 11h50)
Compartilhar
Exibir comentários
Os brasileiros consomem, em média, quase o dobro do recomendado pela Organização Mundial de Saúde
Os brasileiros consomem, em média, quase o dobro do recomendado pela Organização Mundial de Saúde
Foto: iStock / Jairo Bouer

Pessoas que adicionam sal à sua comida têm 40% mais chances de desenvolver câncer de estômago do que aquelas que não o fazem, de acordo com um novo estudo publicado no periódico Gastric Cancer.  

A pesquisa confirma outros estudos que encontraram vínculos entre o alto consumo de sal e o câncer de estômago em países asiáticos, onde alimentos mais salgados são comumente consumidos.

"Nossa pesquisa mostra a conexão entre a frequência de adição de sal e o câncer de estômago também em países ocidentais", disse a autora do estudo, Selma Kronsteiner-Gicevic, pesquisadora do Centro de Saúde Pública da Universidade Médica de Viena, na Áustria, em um comunicado.

Segundo a Fiocruz, os brasileiros consomem, em média, 9,3 gramas de sal por dia, o que é quase o dobro do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 5 gramas de sal (ou 2,3 gramas  de sódio).

Questionários e análise da urina

Os pesquisadores do estudo analisaram dados coletados de mais de 470 mil adultos no Reino Unido entre 2006 e 2010. Os participantes haviam sido questionados sobre várias questões, incluindo a pergunta "Com que frequência você adiciona sal à sua comida?"

Eles, então, compararam as respostas do questionário com os níveis de sal detectados na urina de pacientes com câncer.

Eles descobriram que as pessoas que frequentemente ou sempre adicionavam sal à sua comida tinham 39% mais chances de desenvolver câncer de estômago ao longo de um período de 11 anos do que aquelas que adicionavam pouco ou nenhum sal.

"Nossos resultados também resistiram à consideração de fatores demográficos, socioeconômicos e de estilo de vida e foram igualmente válidos para comorbidades prevalentes", disse Kronsteiner-Gicevic.

Risco de câncer de estômago

O risco vitalício de desenvolver câncer de estômago é de cerca de um em 101 para homens e um em 155 para mulheres, de acordo com a Sociedade Americana de Câncer.

No Brasil, o câncer de estômago é o 6º mais comum na população (3,1% dos casos, segundo estimativa para 2023), sendo que os tumores de pele não melanoma, mama feminina, próstata, cólon/reto e pulmão são os cinco tipos mais frequentes.

Outros fatores de risco para o câncer gástrico, além do excesso de sal, incluem: infecção pela bactéria Helicobacter pylori, idade, tabagismo, inflamação crônica do estômago, uso de álcool e obesidade.

Nos EUA, a taxa de sobrevida em cinco anos para câncer de estômago é de cerca de 33%. No entanto, se a doença for detectada antes de se espalhar para fora do órgão, a taxa de sobrevida em cinco anos sobe para 72%.

"Com nosso estudo, queremos aumentar a conscientização sobre os efeitos negativos do consumo extremamente elevado de sal e fornecer uma base para medidas de prevenção do câncer de estômago", disse Tilman Kühn, co-autor do estudo.

Nós, do site Doutor Jairo, entramos na campanha em prol das vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, e convidamos você a ajudar também. Veja como: 

Governo do Estado do Rio Grande do Sul - conta SOS Rio Grande do Sul (Pix: CNPJ: 92.958.800/0001-38) - https://sosenchentes.rs.gov.br/

Os Correios têm recebido e transportado doações gratuitamente - https://www.correios.com.br/ - tel para informações: 0800 725 0100

Central Única das Favelas (Cufa) - PIX: doacoes@cufa.org.br - https://cufa.org.br/doar/

Aeroportos do Brasil (ABR) tem publicado em seu instagram a lista dos aeroportos que estão recebendo doações para o RS - https://www.instagram.com/abr.aeroportos/

ONG Grad Brasil tem arrecadado doações para ajudar no resgate de animais - PIX: 54.465.282/0001-21 - https://www.instagram.com/grad_brasil   

Jairo Bouer
Compartilhar
Publicidade
Publicidade