PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

5 perigos da exposição à água da chuva misturada ao esgoto

Os perigos de entrar em contato com água de inundações: Um alerta de saúde pública

15 mai 2024 - 06h45
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
As inundações estão se tornando frequentes devido às mudanças climáticas, o que causa riscos notáveis ​​à saúde, às vezes de forma silenciosa, como doenças transmitidas por água, problemas respiratórios, lesões físicas e riscos estruturais.
5 perigos da exposição à água da chuva misturada ao esgoto:

Com as mudanças climáticas em curso, as inundações estão se tornando um fenômeno cada vez mais comum em várias partes do mundo. Enquanto os danos materiais são evidentes, há uma questão menos óbvia, mas igualmente preocupante: os perigos para a saúde associados ao contato com a água de inundação, especialmente quando esta é uma mistura de água da chuva com água de esgoto.

Contaminação e doenças transmitidas pela água

A água de inundação pode ser altamente contaminada, carregando uma variedade de substâncias tóxicas e patógenos. Quando as águas pluviais se misturam com esgoto, o risco de contaminação aumenta exponencialmente. Bactérias, vírus e parasitas presentes no esgoto podem ser facilmente espalhados pela água da inundação, aumentando o risco de doenças transmitidas pela água, como gastroenterite, hepatite A, febre tifoide e infecções por E. Coli.

Riscos para a saúde respiratória

Além das preocupações com doenças transmitidas pela água, a exposição à água de inundação também apresenta riscos para a saúde respiratória. A umidade e os contaminantes presentes na água podem contribuir para o crescimento de mofo e fungos em casas e edifícios inundados. A inalação de esporos de mofo pode desencadear reações alérgicas e problemas respiratórios, especialmente em pessoas com asma ou outras condições respiratórias.

Produtos químicos tóxicos

Além de bactérias e microrganismos, a água de inundação pode conter uma variedade de produtos químicos tóxicos provenientes de fontes industriais, agrícolas e residenciais. Estes produtos químicos incluem pesticidas, herbicidas, produtos de limpeza doméstica, combustíveis e substâncias químicas industriais. 

O contato direto com esses produtos químicos pode causar irritação na pele, problemas respiratórios e até mesmo envenenamento, dependendo da concentração e da duração da exposição.

Lesões físicas e riscos estruturais

Além dos riscos à saúde, a água de inundação também pode representar perigos físicos e estruturais. A força das correntezas pode causar afogamentos e lesões graves, especialmente em crianças e idosos. Além disso, a água de inundação pode enfraquecer estruturas de construção, causando desabamentos e colapsos.

Medidas de prevenção e proteção

Diante desses perigos, é crucial adotar medidas de prevenção e proteção durante e após inundações. Evitar o contato direto com a água de inundação é fundamental para reduzir o risco de doenças e lesões. Isso inclui evitar nadar ou brincar na água da inundação, usar equipamentos de proteção adequados ao lidar com água contaminada e buscar assistência médica imediata em caso de exposição.

Além disso, é importante realizar uma limpeza e desinfecção adequadas das áreas afetadas pela inundação, especialmente em ambientes residenciais. Isso pode incluir a remoção de materiais contaminados, a ventilação adequada das áreas inundadas e a desinfecção de superfícies e objetos expostos à água contaminada.

Em última análise, a conscientização sobre os perigos associados à água de inundação e a adoção de medidas preventivas são essenciais para proteger a saúde pública e minimizar os impactos das inundações na comunidade.

Assista ao vídeo com o comentário de Andrea Almeida, infectologista do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE).

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade