PUBLICIDADE

Jovem tem a perna amputada após bolha no pé infeccionar; entenda

Confira alguns cuidados que você pode ter para proteger uma bolha e impedir que ela infeccione

7 jun 2024 - 13h15
(atualizado às 13h19)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Uma pequena bolha, inicialmente parecendo menor, se transformou em uma infecção grave para Charlie Beardshall-Moore, que resultou em uma amputação. É importante lembrar que existem cuidados específicos para prevenir infecções em bolhas.
Inicialmente, parecia uma preocupação menor, mas a erupção não sarava, infeccionou e se espalhou, resultando em sepse
Inicialmente, parecia uma preocupação menor, mas a erupção não sarava, infeccionou e se espalhou, resultando em sepse
Foto: Reprodução/HullLive

Uma pequena bolha foi o início de uma mudança de vida para Charlie Beardshall-Moore, uma jovem de 24 anos, moradora de Hull, na Inglaterra. O que começou como uma simples bolha no pé, causada pelo uso de tênis, se transformou em uma infecção grave que evoluiu para uma amputação.

Em janeiro de 2021, Charlie percebeu uma bolha em seu pé após usar tênis. Inicialmente, parecia uma preocupação menor, mas a erupção não sarava, infeccionou e se espalhou, resultando em sepse. A história foi publicada pelo jornal britânico Hull Live.

Neste ano, os médicos tiveram que tomar uma medida radical para salvar a vida de Charlie: amputar a parte inferior de sua perna esquerda. Para ela, a perda de sua perna representa mais do que apenas uma lesão física. 

“Não consigo entender como, nos últimos três anos, tenho andado na ponta dos pés e, em seguida, tive minha perna decepada. Sinto falta de poder fazer as coisas sozinha. Sou uma garota que gosta de ser independente e não andar de cadeira de rodas, não poder sair e fazer as coisas que os jovens de 24 anos fazem”, disse ela.

A história de Charlie serve como um alerta sobre a importância de prestar atenção aos problemas aparentemente menores.

Existem alguns cuidados que você pode ter para proteger uma bolha e ajudar a impedir que ela infeccione:

  • Manter a bolha o mais limpa possível;
  • Cobrir as bolhas com curativos;
  • Lavar as mãos antes de tocar em uma bolha estourada;
  • Deixar o líquido da bolha estourada escorrer antes de cobri-la com curativo;
  • Não estourar uma bolha sozinho;
  • Não retirar a pele de uma bolha estourada;
  • Não usar os sapatos nem o que causou a bolha até que ela cicatrize.
Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade