PUBLICIDADE

5 dicas para impulsionar seus treinos sem prejudicar a saúde mental

Muitas vezes a rotina de treinos e alimentação resultam na negligência da saúde mental, o que pode atrapalhar os resultados

28 out 2023 - 17h01
(atualizado em 30/10/2023 às 19h19)
Compartilhar
Exibir comentários

Em busca de um desempenho excepcional nos treinos, muitas pessoas dedicam uma quantidade significativa de tempo e energia. No entanto, não basta encontrar o equilíbrio entre metas de emagrecimento e ganho de massa muscular. Isso porque a saúde mental em harmonia também é essencial para garantir o sucesso a longo prazo.

5 dicas para impulsionar seus treinos sem prejudicar a saúde mental -
5 dicas para impulsionar seus treinos sem prejudicar a saúde mental -
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

5 dicas para treinar sem negligenciar a saúde mental

O médico Dr. Vital Fernandes Araújo oferece valiosas orientações nesse aspecto, destacando a importância de manter a saúde mental em paralelo ao treinamento físico. Confira 5 conselhos do especialista:

1 - Estabeleça metas realistas: definir metas alcançáveis é fundamental. Portanto, evite pressionar-se excessivamente. Metas realistas permitem um progresso constante sem sobrecarregar a mente.

2 - Priorize o descanso: o descanso é crucial para a recuperação e prevenção de lesões. Por isso, incorpore pausas regulares em sua rotina de treinamento, o que é vital para evitar o esgotamento.

3 - Mantenha uma alimentação equilibrada: a nutrição desempenha um papel central no desempenho esportivo, o que influencia também na saúde mental. Garanta que sua dieta forneça os nutrientes necessários para o corpo e a mente.

4 - Pratique a atenção plena (Mindfulness): a atenção plena é uma técnica poderosa para gerenciar o estresse e melhorar o foco. Reserve um tempo para praticar a atenção plena regularmente.

5 - Busque apoio profissional em saúde mental quando necessário: reconheça a importância da saúde mental e não hesite em procurar ajuda profissional quando enfrentar desafios emocionais. Terapia e aconselhamento podem ser valiosos para manter o equilíbrio entre treino e bem-estar mental.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade