PUBLICIDADE

10 curiosidades fantásticas sobre os cachorros 

Veja algumas características que os tornam ainda mais especiais e encantadores

25 out 2023 - 10h31
Compartilhar
Exibir comentários

Os cachorros, fiéis companheiros dos humanos, são uma das espécies mais fascinantes e diversificadas do reino animal. Com uma história de domesticação que remonta a milhares de anos, eles conquistaram um lugar especial nos corações e lares de pessoas ao redor do mundo.  

Segundo a Federação Cinológica Internacional, existem mais de 340 raças de cachorros reconhecidas oficialmente no mundo
Segundo a Federação Cinológica Internacional, existem mais de 340 raças de cachorros reconhecidas oficialmente no mundo
Foto: smrm1977 | Shutterstock / Portal EdiCase

Sua notável adaptação e variedade de raças impressionam, criando ricas características físicas e comportamentais que abrange desde os mais ágeis até os mais afetuosos. Contudo, por trás dessa imensa diversidade, há uma série de curiosidades que muitos desconhecem.  

A seguir, confira algumas curiosidades sobre o melhor amigo do homem! 

1. Diversidade de raças 

Segundo a Federação Cinológica Internacional (FCI), existem mais de 340 raças de cachorros reconhecidas oficialmente no mundo, cada uma com características físicas e comportamentais diferentes.  

2. Sentido do olfato poderoso 

O olfato dos cães é extraordinário, sendo cerca de 10 mil a 100 mil vezes mais sensível do que o dos humanos. Essa habilidade os torna excelentes farejadores; por isso, muitas vezes são utilizados em operações de busca e resgate. 

3. Variação de tamanhos 

Os cachorros variam enormemente em tamanho, desde o pequeno chihuahua, que pode pesar menos de 1 kg, até o gigantesco São Bernardo, que pode chegar a mais de 90 kg. 

4. Comunicação por linguagem corporal 

Os cães se comunicam principalmente por meio de sinais corporais, como postura, expressões faciais e movimentos da cauda. É importante aprender a interpretar esses sinais para entender o estado emocional do cachorro

5. Cachorros podem ser canhotos ou destros 

Segundo um estudo realizado pela Universidade de Bochum, na Alemanha, há cães que preferem o lado direito; outros, o esquerdo e alguns que não demonstram preferência por nenhum lado. Nesse sentido, 31% dos cachorros avaliados pelos pesquisadores foram classificados como canhotos.   

Os cães têm memória para comandos e emoções, aprendendo com experiências positivas e negativas
Os cães têm memória para comandos e emoções, aprendendo com experiências positivas e negativas
Foto: G-Stock Studio | Shutterstock / Portal EdiCase

6. Memória canina 

Os cães têm uma memória razoavelmente boa, especialmente quando se trata de aprender comandos e rotinas. Além disso, possuem memória emocional, lembrando-se de experiências positivas e negativas. 

7. Latidos com propósitos diferentes 

Os cachorros têm diferentes tipos de latidos para expressar diferentes emoções. Por exemplo, um latido agudo e rápido pode indicar excitação, enquanto um latido grave e prolongado pode sinalizar alerta ou aviso. 

8. Cachorros são seres sociais 

Eles têm uma natureza social e são animais de matilha por natureza. Portanto, anseiam pela interação com outros cães e humanos, e muitos sofrem de solidão quando deixados sozinhos por longos períodos. 

9. Bigodes dos cães ajudam na movimentação  

Os bigodes têm uma série de funções importantes para os cães. Uma das mais notáveis é a capacidade de ajudá-los a se orientar no espaço e se deslocar em ambientes escuros ou com pouca luz. Isso ocorre porque esses pelos são muito sensíveis a vibrações e movimentos do ar, permitindo que os cachorros detectem objetos próximos sem precisar vê-los diretamente. 

10. Visão limitada  

Além do olfato aguçado, os cães têm uma boa audição e visão adaptada para detectar movimentos. No entanto, sua visão de cores é limitada, enxergando principalmente em tons de azul e amarelo.

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade