2 eventos ao vivo

Por que eles preferem mulheres baixas, e elas homens altos?

  • separator
  • comentários

Por que será que a maioria dos casais segue um padrão de altura: homens gostam de mulheres baixas e elas de homens altos? Essa preferência tem a ver com um fator psicológico milenar.

A psicóloga clínica Eliete de Medeiros - especialista em relacionamento, psicossomática e pesquisadora de campo - realizou uma pesquisa durante sete meses com seus pacientes sobre esse padrão de altura que existe na hora de escolher um parceiro. Segundo ela, mulheres se sentem protegidas com homens mais altos e homens se sentem protetores, fortes e poderosos ao lado de mulheres mais baixas.

Pesquisa indica que homens preferem mulheres mais baixas que eles, enquanto as mulheres gostam mais que os homens seja mais altos que elas
Pesquisa indica que homens preferem mulheres mais baixas que eles, enquanto as mulheres gostam mais que os homens seja mais altos que elas
Foto: iStock

Nessa pesquisa, 70% das mulheres declararam que preferem homens mais altos. 60% delas responderam que se sentem mais seguras e protegidas ao lado de um homem mais alto, e 38% disseram que acham mais bonito.

Na pesquisa realizada com os homens, 66% dos entrevistados responderam que buscam uma mulher mais baixa. 58% deles fazem essa opção porque se sentem mais poderosos e 38% acha mais bonito o casal ter esse padrão de altura.

Essa preferência remete a um fator psicológico de milhões de anos atrás. "Desde os primórdios, homens assumem o papel de protetores da mulher e dos filhos e a mulher, dado como o sexo frágil popularmente, era a protegida, culturalmente falando", explica Eliete.

Para a pesquisadora, o homem era o caçador, buscava alimentos e protegia a família. A mulher era a progenitora; cuidava dos filhos e dos serviços domésticos.

Devido a toda evolução social, cultural e afetiva as exigências para se achar o parceiro e parceira ideal aumentaram muito e a questão da altura ainda segue os padrões milenares.

"Nos primórdios os pais escolhiam o marido para a filha ou a mãe para o filho. O casal tinha que se casar e cada um assumir seu papel. Com a evolução, homens e mulheres passaram a ter a liberdade de escolher e as exigências passaram a ser: altura e atração", destaca.

De acordo com a psicóloga, com o surgimento do "ficar" a busca de um parceiro ou parceira para um relacionamento sério tornou-se ainda mais exigente.

Os homens buscam mulheres:

- Mais baixas que eles
- femininas
- meigas
- prendadas
- belas
- que trabalhem

Já as mulheres procuram por homens que sejam:

- Mais altos que elas
- ambiciosos
- com grande poder pessoal
- inteligentes
- atenciosos
- promissores

A psicóloga explica que a exigência da altura continua sendo primeiro requisito na escolha do parceiro ou parceira devido a imagem física que está gravada no psicológico: a de protetor e protegida.

Eliete salienta ainda que muitas vezes as mulheres mais baixas e os homens mais altos não têm os atributos que normalmente são cobrados pelos respectivos parceiros. Ou seja, nem sempre uma mulher baixa será meiga e nem sempre um homem alto será forte e promissor. Por isso, muitos homens e mulheres têm a "mania" de querer mudar o outro, devido a imagem criada psicologicamente, que se trata de algo idealizado.

"O que todos nós temos que ter consciência, é que o protetor não necessariamente tem que ser mais alto ou mais forte fisicamente porque o objetivo não é proteger de ursos ou leões como antigamente e sim uma proteção emocional (cuidar, amar compartilhar, aconchegar) isso está na força interior e na personalidade do homem.e da mulher", declarou Eliete.

Por isso, a psicóloga alerta que não adianta entrar num relacionamento esperando que o outro mude. "Ele só mudará se tiver este potencial e se quiser mudar. Ninguém muda ninguém."

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade