0

Leite materno ajuda no desenvolvimento de bebês prematuros

O consumo de leite materno é primordial para o desenvolvimento do cérebro dos prematuros, principalmente nas primeiras semanas de vida

21 set 2018
15h52
atualizado às 17h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Um bebê prematuro é aquele que nasce antes de 37 semanas de gestação completa. Com o nascimento precoce, algumas partes do corpo do pequeno não se desenvolvem totalmente, incluindo o cérebro. Entretanto, segundo estudo realizado pela universidade de Edinburgh, o leite materno pode estimular o bom funcionamento das células mentais, revertendo a situação.

O leite materno ainda é melhor do que o originado por fórmula. Por isso, é essencial que a mãe tenha auxílio na amamentação, para que consiga alimentar seu bebê prematuro, principalmente nas primeiras semanas após o parto.

Os impactos de um mau desenvolvimento no cérebro da criança envolvem problemas de aprendizado e falhas de comunicação.

shurkin_son (Shutterstock)
shurkin_son (Shutterstock)
Foto: Getty Images / Minha Vida

Como o estudo foi feito

Através de exames de ressonância magnética, os especialistas analisaram o cérebro de 47 bebês. Todos eles haviam nascido antes de 33 semanas, e passaram pela ressonância ao terem uma idade equivalente às 40 semanas de gestação.

Os pesquisadores também coletaram informações acerca da amamentação dos prematuros enquanto eles estavam em tratamento intensivo, isto é, se eles consumiram leite de fórmula ou leite materno (independente de ser da mãe ou de uma doadora).

Resultados

Os bebês que consumiram leite materno por pelo menos 75% do tempo que ficaram no hospital mostraram uma melhoria na conectividade das células cerebrais, ao contrário dos que foram amamentados com leite de fórmula.

Como amamentar um bebê prematuro

O prematuro possui falta de reflexo e força para sucção, além de ter um sistema digestivo defectivo. Por isso, as mães podem sentir dificuldade em amamentar seus filhos. Entretanto, há formas de não privar o bebê de consumir esse alimento tão nutritivo.

"Recomendamos que a mãe faça o bombeamento do leite não só para alimentar a criança, mas também para impedir que ele seque, pois mais para frente o bebê poderá ser amamentado da forma tradicional", aponta o pediatra e neonatologista Jorge Huberman, do Instituto Saúde Plena e do Hospital Albert Einstein.

Veja também:

Minha Vida
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade