Estilo minimalista: o que fazer para criar essa atmosfera

Praticidade, cores neutras e poucos móveis são as bases desse tipo de decoração

18 dez 2017
08h00

Para entender o estilo minimalista, é só pensar em uma frase famosa: menos é mais. Esse tipo de decoração prioriza a funcionalidade e a praticidade dos objetos, por isso ajuda a criar um ambiente sofisticado. Mas para que o minimalismo funcione dentro de qualquer espaço, é preciso ter um pouco de planejamento. Não basta retirar os móveis e deixar tudo vazio, pois você corre o risco de criar um ambiente sem vida. O estilo minimalista, ao contrário, usa esses espaços livres para criar uma sensação de aconchego.

Móveis funcionais e espaços livres ajudam a compor o estilo em que “menos é mais”
Móveis funcionais e espaços livres ajudam a compor o estilo em que “menos é mais”
Foto: Shutterstock

Abaixo, listamos sete dicas para criar uma atmosfera minimalista. Elas valem para todos os ambientes, incluindo quartos e banheiros. É só adaptar as sugestões à decoração que você já tem em casa!

1 - Desapegue do excesso de objetos
Comece fazendo uma limpeza nos objetos que você tem em casa. A ideia do estilo minimalista é que os acessórios decorativos tenham também uma função. Um relógio de parede, por exemplo, tem uma utilidade dentro da casa. Se você puder fazer dele também uma peça decorativa, melhor. É esse o segredo do estilo minimalista; esqueça as dezenas de quadros, vasos, plantas e tapetes espalhados pela casa. Invista no que for prático e bonito.

2 - Escolha poucos (e bons) móveis
Os móveis tem uma função importante no estilo minimalista, pois são o principal elemento dessa decoração. Escolha materiais de qualidade, que vão ajudar a criar um ambiente elegante. O mobiliário também não pode obstruir as áreas livres: outro traço desse estilo é manter espaços vazios.

3 - Invista no “mais prático”
Se um objeto pode fazer o mesmo trabalho que dois ou três, invista nele. Por exemplo: se você for comprar uma mesa de centro e um pufe, procure por um pufe que também possa servir como mesa de centro. O segredo é sempre pensar em como deixar sua casa mais funcional, e usar isso como principal motivo para adquirir alguma peça.

 

4 - Mantenha a organização 
A organização é uma aliada da decoração minimalista por um motivo bem simples: se os objetos estão fora de lugar, você perde essa atmosfera de “menos é mais”. Por outro lado, também fica mais fácil manter tudo organizado se você não tem tantos acessórios para ordenar. Não esqueça da limpeza: tirar o pó dos móveis e mantê-los bem limpos ajuda a criar um ambiente mais aconchegante. 

5 - Privilegie cores neutras
A escolha das cores deve ser levada em conta na hora de montar o estilo minimalista. Dê preferência a paletas com tons naturais e claros, como branco, off-white, bege, cinza e azul. Texturas de parede, desde que não roubem a atenção no ambiente, também são bem-vindas.

6 - Prefira objetos com design clean
O que é um design clean, exatamente? É aquele objeto desenhado com linhas mais retas ou geométricas, e que não tem tantos recortes ou curvas. Uma estante de sala, por exemplo, toda reta e em cores claras, segue esse estilo, em comparação uma estante com muitos acessórios acoplados à sua estrutura, com dezenas de nichos ou gavetas. 

7 - Coloque itens em madeira
A madeira ajuda a criar conforto no ambiente minimalista, geralmente pintado com cores mais frias, como branco, bege e cinza. Pode estar presente em locais de destaque. No quarto, por exemplo, experimente trocar os pés tradicionais da sua cama por pallets de madeira. Na sala, o mesmo pode ser feito com pufes e almofadas. Em espaços mais funcionais, como banheiro, deixe a madeira para acessórios como cestos de roupas de banho.

Fonte: CA

compartilhe

publicidade