4 eventos ao vivo

Homens sofrem mais de queda de libido do que as mulheres

16 jun 2013
16h57
atualizado às 16h58
  • separator
  • comentários

O senso comum costuma ser de que os homens pensam em sexo o tempo todo e estão sempre prontos para a relação, porém não é bem assim que funciona. Atualmente o índice de homens que sofrem com baixa libido supera a taxa de mulheres. Segundo uma pesquisa, publicada no site Female First, um em cada três homens confessa sofrer com o problema enquanto entre o público feminino o índice é de uma a cada quatro.

<p>Os motivos para queda da libido estão relacionados à alimentação e a autoestima</p>
Os motivos para queda da libido estão relacionados à alimentação e a autoestima
Foto: Getty Images

O motivo para a queda da libido é diverso. A maioria dos homens acredita que isso esteja vinculado à uma dieta desequilibrada, em seguida aparece a baixa confiança no próprio corpo. Excesso de bebida alcóolica, falta de exercício físico e sono também afetam a libido masculino.

Já para mulheres a baixa autoestima é o que mais afeta a libido, seguida da falta de sono.  Problemas relacionados à alimentação e o uso de pílula anticoncepcional também aparecem entre os fatores que contribuem para isso.

Embora muitos acreditem que a queda na libido seja um processo natural, ela pode ser controlada com auxilio médico. Apenas 18% das pessoas que sofrem com a baixo libido afirmou já ter procurado ajuda. A maioria tinha encontrado em remédios a base de ervas a solução para o problema, enquanto apenas 11% visitou um médico.

"Baixa libido está realmente muito presente nos quartos pelo Reino Unido causando problemas em relacionamentos de todos os tipos. Mas vemos que os britânicos não se importam o suficiente para fazer algo a respeito! Ao mesmo tempo que pode ser embaraçoso procurar ajuda profissional para algo dessa natureza, é importante verificar o que pode estar causando isso para encontrar uma solução. Geralmente, os relacionamentos felizes e vidas sexuais saudáveis caminham juntos, então ajude a si mesmo para manter as coisas saudáveis!", defendeu Peter Farley, da ukmedix, empresa que conduziu o estudo.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade