PUBLICIDADE
Logo do

Dia dos Namorados

Veja 5 séries para ver e se apaixonar no Dia dos Namorados

Saiba como comemorar a data dentro de casa, protegido ao lado da pessoa que você ama, em tempos de pandemia

11 jun 2021 12h02
| atualizado às 12h26
ver comentários
Publicidade
5 séries para ver e se apaixonar no Dia dos Namorados!
5 séries para ver e se apaixonar no Dia dos Namorados!
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Sair para jantar está um pouco fora de questão, mas não por isso que os casais vão deixar de comemorar o Dia dos Namorados. E, melhor, a data cai em um sábado, dia 12, o que dá possibilidade de fazer o que mais as pessoas gostam: maratonar séries!

Portanto, peça um bom vinho no aplicativo de entregas e dê play em cinco séries para ver junto ao seu amor e conseguir curtir o dia mais esperado pelos casais apaixonados.

'This Is Us'

Para aqueles namorados que estão já na fase de noivado e pensam em constituir uma família, a série é incrível. O drama familiar mostra que em toda casa tem alegria e dor, além de que todos têm um passado que afeta o presente e o futuro. A série é in medias res, alterna entre o presente e a época de infância dos trigêmeos do casal. Temos quatro temporadas, que, inclusive, dá para assistir em 1 dia se vocês focarem.

Disponível no Amazon Prime Video.

'Once Upon a Time'

Uma mistura bastante interessante dos contos de fadas mais conhecidos, com direito a Peter Pan do mal. Mas o enredo, que perdura por sete temporadas, gira em torno do amor da Branca de Neve e o Príncipe Encantado, que tiveram uma filha, Emma Swan, que, por sua vez, se apaixona pelo Capitão Gancho. Apesar de muitas magias e maldições, a temática é o amor, seja dos personagens principais, ou da Bela e o Rumplestiltskin, ou até mesmo da Rainha Má e o Robin Wood - pois é, eles realmente fizeram uma miscelânea de personagens.

Disponível na Netflix.

'Tudo Bem Não Ser Normal'

A série coreana, em 16 episódios, aborda a temática da saúde mental, mas o romance está presente de forma genuína. Se você realmente acha que seu parceiro fez de você uma pessoa melhor, precisa ver essa série. A famosa autora Ko Mun-yeong é uma pessoa extremamente tóxica e Moon Gang-tae é o altruísta que trabalha no hospital psiquiátrico onde o pai da autora está internado. O romance começa com uma tentativa de facada, mas a trama cresce causando emoção e prendendo a nossa atenção.

Disponível na Netflix.

'Eu, Tu e Ela'

Já faz um tempo que a mídia aborda o poliamor e esta série traz algumas informações importantes para quem não o conhece, ou para aqueles que querem tornar-se adeptos. O casal já não ia tão bem quanto antes e o marido resolve contratar uma acompanhante, e o enredo começa a partir disso. O ponto da série é que desfaz a imagem libertina, sexualizada até mesmo cômica das relações abertas ou não monogâmicas, para entrar em um contexto de amor, carinho e respeito, que alcança já sua quinta temporada.

Disponível na Netflix.

'Modern Family'

Se você quer romance, o terá. Tem todos os casais possíveis nela. A relação entre pessoas com distância de idade, o amor entre homem e mulher, as tramas adolescentes e seus namorados, o menino romântico que só quer ser amado e a desmistificação do casal homoafetivo, com muita ternura e com direito à família.

Disponível na Netflix.

Sobre o autor

O cineasta brasileiro Daniel Bydlowski é membro do Directors Guild of America e artista de realidade virtual. Faz parte do júri de festivais internacionais de cinema e pesquisa temas relacionados às novas tecnologias de mídia, como a realidade virtual e o futuro do cinema. Daniel também tenta conscientizar as pessoas com questões sociais ligadas à saúde, educação e bullying nas escolas. É mestre pela University of Southern California (USC), considerada a melhor faculdade de cinema dos Estados Unidos. Atualmente, cursa doutorado na University of California, em Santa Barbara, nos Estados Unidos. Recentemente, seu filme Bullies foi premiado em NewPort Beach como melhor curta infantil, no Comic-Con recebeu 2 prêmios: melhor filme fantasia e prêmio especial do júri. O Ticket for Success, também do cineasta, foi selecionado no Animamundi e ganhou de melhor curta internacional pelo Moondance International Film Festival.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade