PUBLICIDADE

Veja dicas de chef para escolher, armazenar e limpar camarão

O chef Danilo Watanabe explica como tirar o melhor desse ingrediente

21 set 2023 - 14h29
Compartilhar
Exibir comentários
Camarão limpo
Camarão limpo
Foto: iStock

Presente nas paellas, moquecas, petiscos e em vários pratos da culinária oriental, o camarão é um ingrediente que, apesar de ter uma cocção rápida, exige alguns cuidados especiais para seu preparo.

Tendo movimentado um mercado de cerca de 25 bilhões de dólares (121,5 bilhões de reais), segundo dados de 2020 da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, os camarões exigem a atenção dos consumidores que vão desde a compra, passam por sua limpeza e armazenamento e vão até o momento de colocar na panela.

Como nem sempre temos na ponta da língua (e dos dedos) esses processos, o chef Danilo Watanabe separou algumas dicas para escolher, armazenar e limpar o camarão, para você aproveitar o crustáceo com toda a segurança e qualidade em suas receitas.

Como escolher camarão

Na hora de comprar os camarões, o chef aponta duas possíveis fontes: pegá-lo já congelado, em  embalagens na seção de "congelados" dos mercados, peixarias e pontos de venda, ou  comprar o produto ainda fresco. De qualquer maneira, Watanabe alerta que é sempre essencial adquirir os camarões em estabelecimentos de confiança, que tenham seu reconhecimento e reputação de segurança.

Mas o chef ressalta que, ainda assim, é necessário se atentar à qualidade do ingrediente em si na hora de escolher: "Para quem vai comprar os camarões frescos, é legal prestar atenção, primeiramente, ao odor do camarão. O "cheiro de mar" é normal, claro, mas não deve ser muito forte ou desagradável. Prefira os camarões mais brilhosos e que tenham  a ponta das patinhas e das caudas da mesma cor do crustáceo, sem estar escurecida." Apesar de ser mais difícil avaliar isso nos congelados, comprar de marcas de confiança já é um ótimo passo, na opinião do chef.

Watanabe também ressalta que a textura do camarão deve estar firme e a sua composição íntegra, desde a cabeça até as patas.

Dicas para o armazenamento

Nos produtos congelados, Watanabe indica seguir as recomendações e a data de validade escritas na embalagem. No entanto, para os produtos frescos, segundo o chef, não é recomendado comprar os descascados, uma vez que a casca preserva melhor a textura da carne após o descongelamento, melhorando também a durabilidade do camarão no congelador.

Como limpar camarão?

A limpeza do camarão segue passos simples, mas muito importantes para manter a boa qualidade do produto após o preparo. De início, comece por separar a cabeça do restante do corpo, caso a receita não peça o camarão inteiro, ou se essa parte não for compor uma parte decorativa e de guarnição do produto. É possível fazer esse processo apenas com as mãos, mas também podemos utilizar uma faca para ajudar. Nesse momento, muita gente pode preferir retirar também as patas do animal.

O processo de limpeza segue pela retirada da casca, feita com as mãos mesmo. Para que ela seja completamente descolada da carne, podemos acessá-la pela região do ventre do camarão. Para tirar as tripas (aquele filamento escuro na parte posterior do camarão), faça uma incisão na parte dorsal do animal com os dedos, com uma faca ou com algum instrumento fino. O chef recomenda também que o camarão, após a limpeza, seja passado em água corrente, para retirar qualquer sujeira que possa ter ficado na carne durante esse processo.

Cinco utensílios práticos que você precisa ter na cozinha Cinco utensílios práticos que você precisa ter na cozinha

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade