PUBLICIDADE

Veja ranking dos 50 melhores restaurantes da América Latina

D.O.M., de Alex Atala, ficou em quarto lugar na lista, já a brasileira Roberta Sudbrack foi eleita a melhor chef

24 set 2015 02h45
| atualizado às 09h52
ver comentários
Publicidade
O peruano Central foi eleito o melhor restaurante da América Latina
O peruano Central foi eleito o melhor restaurante da América Latina
Foto: @Central Restaurante/Facebook / Reprodução

O restaurante peruano Central, do chef Virgilio Martínez, voltou a ficar em primeiro lugar na lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina, organizada pelos editores da revista inglesa Restaurant, assim como ocorreu em 2014, enquanto o melhor brasileiro foi o D.O.M., de Alex Atala, que ficou em quarto lugar, informaram nessa quarta-feira (23) os organizadores da festa de premiação anual.

Siga Terra Estilo no Twitter

Esta é a terceira edição da competição, que aconteceu no Antigo Colégio de São Ildefonso da Cidade do México. O segundo lugar foi para o chileno Boragó, do chef Rodolfo Guzmán, e o terceiro para o também peruano Astrid y Gastón, de Gastón Acurio.

O restaurante brasileiro melhor posicionado foi o D.O.M., de Alex Atala, um dos poucos chefs que não compareceram à cerimônia. No ano passado, o estabelecimento localizado na região dos Jardins, em São Paulo, tinha ficado com a terceira posição, depois de ter sido ranqueado como o segundo melhor em 2013.

Além da quarta posição de D.O.M., o Brasil ficou com o prêmio de melhor chef feminina da América Latina, que foi para Roberta Sudbrack, cujo restaurante de mesmo nome, situado no Rio de Janeiro, ficou com a 14ª posição geral.

Entre os 50 melhores, o Brasil conseguiu colocar oito restaurantes, quase todos de São Paulo e Rio de Janeiro, com a exceção de Remanso do Bosque, que fica em Belém do Pará. O carioca Lasai, que aparece pela primeira vez neste ano, foi escolhido como o melhor "novato" da lista, com a 16ª colocação.

Confira a lista dos 50 melhores restaurantes da América Latina em 2015:.

.1. Central. Lima (Peru).

.2. Boragó. Santiago do Chile.

.3. Astrid y Gastón. Lima (Peru).

.4. D.O.M. São Paulo (Brasil).

.5. Maido. Lima (Peru).

.6. Quintonil. Cidade do México.

.7. Tegui. Buenos Aires (Argentina).

.8. amendoim. São Paulo (Brasil).

.9. Pujol. Cidade do México.

10. Biko. Cidade do México.

11. La Huella. José Ignacio (Uruguai).

12. La Mar. Lima (Peru).

13. Pangea. Monterrey (México).

14. Roberta Sudbrack. Rio de Janeiro (Brasil).

15. El Baqueano. Buenos Aires (Argentina).

16. Lasai. Rio de Janeiro (Brasil).

17. Gustu. La Paz (Bolívia).

18. Criterión. Bogotá (Colômbia).

19. La Cabrera. Buenos Aires (Argentina).

20. Malabar. Lima (Peru).

21. Chila. Buenos Aires (Argentina).

22. Amaranta. Toluca (México).

23. Olympe. Rio de Janeiro (Brasil).

24. Harry Sasson. Bogotá (Colômbia).

25. Osaka. Santiago do Chile.

26. Épice. São Paulo (Brasil).

27. Sud 777. Cidade do México.

28. Aramburu. Buenos Aires (Argentina).

29. Alto. Caracas (Venezuela).

30. El cielo. Bogotá (Colômbia).

31. Fiesta. Lima (Peru).

32. Ambrosía. Santiago do Chile.

33. Restaurante Leo. Bogotá (Colômbia).

34. Osso Carnicería y Salumería. Lima (Peru).

35. Mocotó. São Paulo (Brasil).

36. La Picantería. Lima (Peru).

37. Elena. Buenos Aires (Argentina).

38. Remanso do Bosque. Belém (Brasil).

39. Oviedo. Buenos Aires (Argentina).

40. La Bourgogne. José Ignacio (Uruguai).

41. Maximo Bistrot. Cidade do México.

42. Andrés Carne de Res. Bogotá (Colômbia).

43. Restó. Buenos Aires (Argentina).

44. Rosetta. Cidade do México.

45. Don Julio. Buenos Aires (Argentina).

46. 99. Santiago do Chile.

47. Nicos. Cidade do México.

48. Tarquino. Buenos Aires (Argentina).

49. Dulce Patria. Cidade do México.

50. Rafael. Lima (Peru).

EFE   
Publicidade
Publicidade