PUBLICIDADE

Gastón Acurio quer conhecer "primos pobres" da culinária brasileira

Chef peruano adora cachaça, bolinho de bacalhau e frituras do Rio

Publicidade
<p>O peruano Gast&oacute;n Acurio carrega trof&eacute;us e bandeiras em sua carreira como um dos melhores chefs do mundo e mais representativos &nbsp;da Am&eacute;rica Latina.&nbsp;Em visita ao Brasil,&nbsp;o chef &eacute; s&oacute; elogios para&nbsp;a culin&aacute;ria nacional.&nbsp;E, em todas as perguntas sobre o assunto, ele sempre cai no mesmo petisco: sou obcecado pelo bolinho de bacalhau</p>
O peruano Gastón Acurio carrega troféus e bandeiras em sua carreira como um dos melhores chefs do mundo e mais representativos  da América Latina. Em visita ao Brasil, o chef é só elogios para a culinária nacional. E, em todas as perguntas sobre o assunto, ele sempre cai no mesmo petisco: sou obcecado pelo bolinho de bacalhau
Foto: Marcelo Pereira / Terra
Publicidade