0

Máscaras de proteção podem causar acne em adultos e crianças

O atrito entre a máscara de proteção e a pele facial pode causar acne, fenômeno batizado como 'maskne'

18 ago 2020
09h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O uso contínuo de máscaras contra o coronavírus tem causado acnes em adultos e crianças. O fenômeno já é chamado de 'maskne' por dermatologistas e é provocado pelo atrito do item de proteção contra a face.

Foto: Revista Planeta / Revista Planeta

As "novas" espinhas parecem novidade, mas a dermatologista Geisa Costa afirma que quem tem bebê em casa pode já ter visto o aparecimento dessas lesões na pele antes. "Não é aquela acne típica, provocada pela inflamação de um cravo ou por problemas hormonais. Ela é similar àqueles pontinhos, brotoejas, que a fralda causa no bumbum do bebê. As masknes são reações que surgem do atrito do tecido na glândula sebácea", explica a especialista em entrevista ao Terra

E como durante a pandemia todas as pessoas devem usar a máscara de proteção, as espinhas podem surgir em homens e mulheres e até em crianças. "Eu estava vendo que era muito mais comum em mulheres, por causa do uso mais frequente da maquiagem. Elas insistem em usar muitos produtos mesmo com o rosto tampado. Agora, deu uma igualada e vejo muitos homens com a maskne também. As crianças também podem desenvolver, principalmente a partir dos 8 anos", avalia. 

Para o tratamento das acnes infantis, nada de produtos pesados. O mais recomendado é cuidar da limpeza da pele com sabonetea de bebê, daqueles que têm a menor quantidade de cor e menos química. Se for necessário hidratar, a dermatologista recomenda o uso de uma pomada para assadura, em uma camada leve e fina. 

Assim como as espinhas comuns, as acnes das máscaras não devem ser espremidas. Isso pode causar manchas que vão variar a depender do fototipo de pele e a quantidade dos melanócitos. "Se a pessoa for negra ou tiver a pele mais morena, a mancha será mais escura. Em pessoas de pele clara a cicatriz será mais avermelhada", detalha Geisa. 

Para evitar as masknes, confira as dicas da médica:

  • Lavar, hidratar e fotoproteger a pele -- com produtos recomendados por um dermatologista
  • Escolher máscaras com tecidos mais naturais, como o algodão
  • Evitar o uso de maquiagens, que podem ser substituídas por filtro solar de cor leve

Confira mais informações na postagem de Geisa Costa:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Você já deve saber que o aparecimento da acne podem se dar devido a diversos motivos, que vão desde stress, alimentação inadequada até problemas hormonais. O que muitos não sabem é que devido às atuais circunstâncias, um novo motivo de acne surgiu: o uso constante de máscaras de proteção. Que devido ao atrito direto com a pele, acaba ocasionando uma maior produção da glândula sebácea e por consequência, temos o surgimento da acne. Por isso, pensando no bem estar da sua pele, vamos dar algumas dicas valiosas para evitar o surgimento das indesejadas acnes: 🔹Não utilize a máscara apertada no rosto, pois, isso pode acabar ocasionando a proliferação das bactérias; 🔹Higienize o rosto, de preferência com um sabonete ideal para o seu tipo de pele; 🔹Caso sua pele apresente lesões, o uso de hidratantes pode ser de grande ajuda na restauração. Essas são apenas algumas dicas para evitar as acnes. Ficou com alguma dúvida? Agende uma consulta e vamos conversar sobre a saúde da sua pele e como melhorar sua auto estima! #clinicageisacosta #drageisacosta #dermatologia #dermatologista #peleeestimuloconstante #academiadabeleza #acne #usodemascara #uberaba #saopaulo #tratamento #estetica #dermatology

Uma publicação compartilhada por Dra. Geisa Costa (@clinica_geisa_costa) em

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade